Sábado, Março 2, 2024
9.6 C
Braga
spot_img
InícioOpiniãoRelembrar o 25 de Abril e o 25 de Novembro todos os...
spot_img

Relembrar o 25 de Abril e o 25 de Novembro todos os dias!

© Marco Rodrigues

25/11/1975 provoca alguma celeuma em sectores políticos da sociedade: do lado da extrema-esquerda há aversão desse dia por verem as suas pretensões furadas, do lado socialista, há uma imensa covardia e vergonha na participação de Mário Soares nesta data por quererem agradar aos seus ex-parceiros de ‘Geringonça’. Se no dia 25/04/1974, colocou-se fim a uma ditadura de extrema-direita, no dia 25/11/1975 colocou-se fim às pretensões da ala radical do MFA (com o apoio do PCP) de colocar uma ditadura comunista em Portugal. Portanto, as duas datas devem ser comemoradas por ambas lembrar que nenhuma ditadura é boa.

Basta olhar para alguns exemplos. As prisões políticas do regime Salazarista, do regime sanguinário de Pol Pot, das atrocidades de Pinochet, da prisão a céu aberto chamada Coreia do Norte, da perseguição à minoria Uigur na China, da perseguição e morte de opositores ao regime de Vladimir Putin, e muito mais haveria para dizer…Todas elas perseguem e assassinam opositores, tiram a liberdade ao povo e cometem atrocidades em nome de um suposto bem maior.

Uma justificação que ouço muito para defender ditadores é: “o ditador X matou apenas uma pequena quantidade de pessoas, enquanto o ditador Y matou muito mais” … Este argumento é para rir! Matar é matar. Tanto faz se mata 1 ou 1000. Ou ainda, “no tempo do ditador X, o povo vivia melhor e os cofres estavam cheios.”. Pena que a realidade não concorde. Normalmente, o povo não tem prosperidade num país ditatorial.

As pessoas vivem melhor em países democráticos. Porquê? Um país para ter uma grande economia e tornar-se uma potência exige conhecimentos, reformas e aberturas económicas que quase nenhum ditador está disposto a aceitar. Por último, ouço este: “basta não falar do governo que nada me acontece”. Para quem sabe um pouco de história, podemos constatar que para o governo te ver como ameaça, não é preciso muito: basta não cumprires com objectivos que ele propõe ou, simplesmente, alguém da polícia política não gostar de ti.

Resumindo, quando tens a bota do Estado em cima da garganta, tanto faz ser a esquerda ou a direita. Ditador é ditador e nenhum deve ser tolerado. A liberdade é a melhor coisa que o ser humano tem e não deve ser desperdiçada sob nenhum pretexto. Pensem nisso…

VIVA O 25 DE ABRIL!

VIVA O 25 DE NOVEMBRO!

LIBERDADE SEMPRE!

Artigo de opinião de Marco Rodrigues, operador de Loja e membro da Iniciativa Liberal Barcelos.

LEIA TAMBÉM

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

REPORTAGEM

POPULARES