Terça-feira, Dezembro 6, 2022
15.1 C
Braga
InícioRegiãoPóvoa de LanhosoPóvoa de Lanhoso termina época de combate à vespa asiática

Póvoa de Lanhoso termina época de combate à vespa asiática

DR

Os Serviços Municipais de Proteção Civil da Póvoa de Lanhoso receberam cerca de 600 notificações em 2021 para combater a vespa asiática.

Destas notificações, foram validados 420 ninhos de vespa velutina ativos, tendo ainda sido registadas aproximadamente 180 notificações que, após validação, se verificou tratar-se de falsos alarmes, dado serem ninhos inativos ou ninhos de outras espécies.

A vespa asiática é uma espécie diurna, com um ciclo biológico anual, que apresenta a sua máxima atividade durante o verão. A partir de fevereiro, os ninhos ainda existentes encontram-se danificados e sem qualquer tipo de atividade, pelo que não há necessidade de serem destruídos. Nesse sentido, a Câmara Municipal da Póvoa de Lanhoso dá por encerrada a época de combate à vespa asiática (Vespa velutina).

A nova época de combate terá início a partir de março, através da colocação de armadilhas na envolvente dos apiários, principalmente nos locais onde, nos anos anteriores, se observou a presença de ninhos de vespa asiática, o que é crucial para um combate eficaz e uma redução significativa de ninhos.

Assim, os Serviços Municipais de Proteção Civil da Póvoa de Lanhoso alertam, em especial os apicultores, para a colocação de armadilhas nessa altura do ano (a partir de março), para impedir a formação de novos ninhos e a proliferação desta vespa destruidora.

Em meados de maio, com o surgimento dos ninhos secundários, o combate voltará a ser feito através da inceneração dos ninhos ou por via da inoculação de um biocida.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

ÚLTIMAS

MAIS LIDAS