Quinta-feira, Fevereiro 25, 2021
9.4 C
Braga
Início Região Póvoa de Lanhoso Póvoa de Lanhoso lidera execução de projetos apoiados pelo Norte 2020

Póvoa de Lanhoso lidera execução de projetos apoiados pelo Norte 2020

CM Póvoa de Lanhoso

A Póvoa de Lanhoso liderou a execução de projetos financiados no âmbito do Programa Operacional Regional do Norte – Norte 2020, na área de abrangência da Comunidade Intermunicipal (CIM) do Ave (NUTS III Ave).

Projetos estes referentes à mobilidade urbana sustentável e à regeneração urbana. “Estas são notícias encorajadoras, num momento em que estamos no fim de um quadro comunitário, em contexto pandémico, a aguardar a ‘bazuca’ financeira e em vésperas de um novo período de financiamento. Estes dados transmitem-nos confiança de que estamos em boas condições para continuar com o bom trabalho e o desenvolvimento do nosso concelho”, destaca Avelino Silva, presidente da Câmara Municipal da Póvoa de Lanhoso, Avelino Silva.

De acordo com informação da CCDR-n, a Póvoa de Lanhoso foi o Município que apresentou as mais elevadas taxas de execução efetiva no universo constituído pelos seis Municípios da NUTS III Ave, cujas sedes são classificadas como centros urbanos estruturantes sub-regionais e municipais.

Estes dados reportam a 31 de outubro de 2020 e referem-se à execução das operações aprovadas no âmbito do i) Plano de Ação de Mobilidade Urbana Sustentável (PAMUS) do Ave e do ii) Plano de Ação de Regeneração Urbana (PARU) da vila de Póvoa de Lanhoso.

No caso da operação que integra o Plano de Ação de Mobilidade Urbana Sustentável, este valor cifrou-se em 100%, acima do valor médio de execução efetiva da NUTS III Ave #6, que é de 47,8%.

Já no que diz respeito às operações de reabilitação urbana que materializam o Plano de Ação de Regeneração Urbana PARU da vila de Póvoa de Lanhoso, a taxa de execução efetiva foi de 74,3%, igualmente acima do valor médio de execução da NUTS III #6, que é de 56,1%.

No concelho povoense, a “Requalificação de redes pedonais na vila da Póvoa de Lanhoso”, já concluída, foi a candidatura executada no âmbito do Plano de Ação de Mobilidade Urbana Sustentável.

A “Requalificação da Praça Eng.º Armando Rodrigues e envolvente”, a “Reabilitação do Pontido – Fase 1”, a “Reabilitação do Edifício dos Paços do Concelho” e a “Reformulação dos Largos do Amparo e da Alegria”, intervenções já concluídas, integraram o Plano de Ação de Regeneração Urbana, assim como a “Reabilitação do largo da Feira e envolvente” e a “Reabilitação do Edifício da EPAVE”, cujos trabalhos ainda decorrem.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

ÚLTIMAS

MAIS LIDAS