Sábado, Abril 13, 2024
23.4 C
Braga
RegiãoPóvoa de LanhosoPóvoa de Lanhoso: Garfe vai ganhar Estrutura Residencial para Pessoas Idosas

Póvoa de Lanhoso: Garfe vai ganhar Estrutura Residencial para Pessoas Idosas

© CM Póvoa de Lanhoso

Decorreu este domingo o lançamento da primeira pedra da ERPI – Estrutura Residencial para Pessoas Idosas de Garfe, na Póvoa de Lanhoso.

O novo lar terá capacidade para 30 utentes, com o Centro Social e Paroquial de Garfe a ter 12 idosos no Centro de Noite, faz apoio domiciliário a mais de 22 pessoas, comportando ainda a sua estrutura as valências de Atividades de Tempo Livre e Prolongamento de Horário a mais de 55 crianças.

“Contamos com o apoio dos nossos técnicos que tiveram e vão continuar a ter um papel muito importante nos próximos 18 meses, que é o prazo de execução da obra. Por isso, num dia como o de hoje em que conseguimos encerrar um capítulo e começar uma nova fase, eu sou um presidente de Câmara feliz, pois sinto que estamos cumprir a nossa missão”, disse Frederico Castro, presidente da Câmara da Póvoa de Lanhoso.

“Somos um concelho com muitas instituições de referência não só na Póvoa de Lanhoso, como no distrito de Braga que fazem um trabalho fantástico, e o papel da autarquia é estar ao lado das instituições, apoiar estes projetos e dessa forma, também ajudar a coser esta malha da rede social que é cada vez mais resistente e mais capaz no cumprimento dos seus objetivos, que são servir a população”, acrescentou o autarca.

Por seu turno, o Padre Luís Fernandes, presidente da Direção do Centro Social e Paroquial de Garfe, referiu a data de 4 abril de 1997, que marcou o início do trajeto deste Centro Social, bem como a de 17 de fevereiro de 2002, em que foi inaugurado o Centro de Noite, a primeira estrutura desta natureza, no país. “Com o passar do tempo estas repostas tornaram-se escassas, pois apesar de valorosas, não colmataram a necessidade de um lar que servisse não só os/as idosos/as da freguesia, mas também os/as das freguesias vizinhas … realiza-se agora um sonho que tem 22 anos. Os nossos utentes do Centro de Noite sabem que, com o novo lar, vão poder continuar aqui quando as forças começarem a ser poucas e sabem que podem passar aqui, espero que bem, os seus últimos dias”, sustentou o Padre Luís Fernandes.

O projeto da ERPI – Estrutura Residencial para Pessoas Idosas de Garfe resulta de uma candidatura ao programa PARES 3 e envolve valores que ascendem a 2 milhões de euros.

PARTILHE A NOTÍCIA

LEIA TAMBÉM

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

REPORTAGEM

POPULARES