Segunda-feira, Maio 20, 2024
17.8 C
Braga
DesportoBocciaPortugal conquista três medalhas em Boccia nos Paralímpicos Europeus

Portugal conquista três medalhas em Boccia nos Paralímpicos Europeus

© David Barros/CPP

Portugal conquistou, este sábado, uma medalha de ouro, uma de prata e uma de bronze nas disciplinas individuais de Boccia, nos Campeonatos Paralímpicos Europeus, que estão a decorrer em Roterdão, nos Países Baixos.

Carla Oliveira conquistou a medalha de ouro ao vencer Alexandra Szabo, da Hungria, por 7-4 na final de individuais BC4, assegurando desta forma o título de campeã da Europa.

“É uma felicidade imensa, um orgulho muito grande chegar ao topo especialmente depois de ter sido mãe. Este resultado permite-me subir no ranking mundial e ter uma boa perspetiva em relação ao próximo ano. Vamos continuar a treinar muito para conseguir chegar a Paris’2024”, afirmou Carla Oliveira.

A medalha de prata portuguesa foi para Ana Correia em individuais BC2. A atleta não conseguiu superar a neerlandesa Chantal Van Engelen na final e com o resultado de 8-1 terminou o concurso no segundo lugar.

“A minha estreia em termos gerais foi muito positiva. Chegar à final é o objetivo de todos os atletas que aqui estão e desse ponto foi muito gratificante, apesar da medalha de prata ser um dissabor por ter estado tão próxima do lugar mais alto do pódio. É também uma grande motivação para fazer ainda melhor nas próximas competições”, referiu Ana Correia.

A medalha de bronze do dia com selo português foi para André Ramos que com uma última bola espetacular venceu o grego Panagiotis Soulanis por 4-3 e assegurou o terceiro lugar do pódio.

“O meu objetivo era chegar à final mas não foi possível. Ainda assim consegui ir ao pódio e isso é um ponto favorável, já a pensar em Paris’2024. O jogo de boccia só acaba no fim, tive que fazer uma boa gestão de bolas para conseguir virar o jogo e assegurar a medalha de bronze”, confessou André Ramos.

Nos outros dois jogos de disputa pela medalha de bronze, Cristina Gonçalves foi derrotada pela britânica Claire Taggart por 7-1 e David Araújo cedeu frente ao francês Francis Rombouts por 6-0, terminando ambos a vertente individual BC2 em quarto lugar em femininos e masculinos, respetivamente.

Portugal conta já com cinco medalhas nestes Campeonatos Paralímpicos Europeus. Miguel Vieira em -60kg J1 de judo e Carla Oliveira em individuais BC4 de boccia conquistaram o ouro. Ana Correia assegurou a prata em individuais BC2 de boccia. Djibrilo Iafa em -73kg J1 de judo e André Ramos em individuais BC1 de boccia ficaram com o bronze.

O dia de amanhã será dedicado às fases finais das vertentes coletivas de boccia.

O par BC4 composto por Carla Oliveira e Nuno Guerreiro abre o dia às 08h30 na meia-final contra a Ucrânia e uma hora mais tarde é a vez da equipa BC1/BC2 constituída por André Ramos, Cristina Gonçalves e David Araújo defrontar os Países Baixos também na meia-final. Às 11h10 Ana Sofia Costa e José Gonçalves discutem o acesso à final com a República Checa.

Dependendo dos resultados alcançados, os três conjuntos coletivos disputam o jogo da final ou da atribuição do terceiro/quarto lugares no mesmo dia, 13 de agosto, no período da tarde.

Portugal está representado nos Campeonatos Paralímpicos Europeus por 26 atletas de seis modalidades – atletismo, badminton, boccia, ciclismo, judo e ténis em cadeira de rodas – que competem nos respetivos Campeonatos Europeus que decorrem em simultâneo de 8 a 20 de agosto na cidade neerlandesa de Roterdão.

Os Campeonatos Paralímpicos Europeus envolvem um total de 10 modalidades com a participação de 1500 atletas de 45 países, já com os Jogos Paralímpicos Paris’2024 em perspetiva.

PARTILHE A NOTÍCIA

LEIA TAMBÉM

PUBLICIDADE

NEWSLETTER

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

REPORTAGEM

POPULARES