Sexta-feira, Janeiro 27, 2023
5.4 C
Braga
InícioRegiãoEsposendePedro Abrunhosa em Esposende para conversa intimista

Pedro Abrunhosa em Esposende para conversa intimista

DR

A Biblioteca Municipal Manuel de Boaventura, em Esposende, vai receber Pedro Abrunhosa, no próximo dia 29 de janeiro, para uma conversa intimista, com Helena Teixeira da Silva, sobre a arte, o silêncio e a bondade como valores de aproximação da humanidade.

Esta atividade marca a agenda da Biblioteca Municipal do primeiro mês do ano, que reserva mais uma sessão (Con)Viver com Poesia, numa estratégia de dinamização da cultura e da promoção do livro e da leitura.

Pedro Abrunhosa, músico, compositor, autor, viajante, leitor compulsivo, homem de palco e de causas escolheu desde sempre o caminho mais difícil. Entre o seu primeiro álbum, “Viagens”, de 1994, e o álbum “Espiritual” de 2018, encontram-se algumas das músicas que ficam para a história da música, do tempo e das causas. A sua tomada de posição pública contra a guerra da Ucrânia, num concerto, valeu-lhe uma “repreensão” por parte da embaixada da Federação Russa originando uma resposta do governo português em defesa da liberdade de expressão. E sobre esta guerra e a resistência dos cidadãos da Ucrânia que escreveu e compôs a música “Que o amor te salve desta noite escura”.

Na sua recente digressão pela Europa, em 2022, Pedro Abrunhosa fez-se acompanhar pelo grupo “Os Camponeses de Pias”, que interpretaram as suas músicas com a singularidade do cante alentejano, património imaterial da Humanidade.

Helena Teixeira da Silva é jornalista e vive no Porto. Iniciou a sua carreira no jornal “Público” e, como confessa, “habitou” a redação do “Jornal de Notícias” durante 21 anos, trabalhando nas áreas da Política, Sociedade e Cultura. Colaborou com a “Grande Reportagem” e a “Notícias Magazine”. Em 2022, abandonou temporariamente o jornalismo diário para desenvolver outros projetos na área do jornalismo cultural. É autora do livro “751 dias – O tempo não consome a eternidade”, sobre Paulo Cunha e Silva.

As sessões de poesia regressam à Biblioteca Municipal, no dia 20 de janeiro, às 18:00, desta vez, com abordagem a Ana Luísa Amaral. A professora Cristina Silva estabelecerá pontes entre a poesia de Ana Luísa Amaral e outras artes. Como sempre acontece, o público será convidado a ler poemas e a participar na sessão.

Já no dia 22, pelas 16:00, a Biblioteca Municipal acolhe mais uma sessão da hora do conto “Histórias em Família”. A contadora Cândida-da-Luz desafia as famílias a “Viajar nas histórias”. À roda do leme da poesia, a contadora fará uma viagem pelo mundo através das histórias, das sonoridades da terra, das canções de cada lugar, onde o sol abraça a lua e a areia embala o mar. Esta sessão é dirigida a crianças dos 3 aos 8 anos de idade, acompanhadas por adultos. Os interessados deverão inscrever-se através do email [email protected].

Ainda no plano cultural, no dia 14 de janeiro, realiza-se a cerimónia de entrega do Prémio Rodrigues Sampaio 2022, ao historiador António Borges Coelho, prémio que foi instituído pela Associação dos Jornalistas e Homens de Letras do Porto, com o patrocínio da Câmara Municipal de Esposende. O Prémio Rodrigues Sampaio distingue personalidades que, pelo seu trabalho nas áreas da cultura e da comunicação social, contribuam para uma sociedade mais inclusiva e mais crítica.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

ÚLTIMAS

MAIS LIDAS