Sábado, Fevereiro 4, 2023
7.8 C
Braga
InícioRegiãoVila Nova de FamalicãoObras em Famalicão deixam comunidade satisfeita

Obras em Famalicão deixam comunidade satisfeita

© CM Famalicão

Os famalicenses estão satisfeitos com as obras de reabilitação realizadas na Praça – Mercado Municipal, no Teatro Narciso Ferreira, em Riba de Ave, e no centro urbano de Vila Nova de Famalicão.

A conclusão surge do inquérito realizado pela empresa Spirituc – Investigação Aplicada juntos dos residentes do município para avaliar o grau de satisfação dos cidadãos antes e depois das intervenções e identificar as mais-valias que estes projetos trouxeram à vida da comunidade famalicense.

A intervenção no Teatro Narciso Ferreira foi a que registou resultados mais positivos. Numa escala de 1 (nada satisfeito) a 10 (muito satisfeito), o índice global de satisfação passou de 3,85 para 8,34. Este era o projeto que apresentava os níveis de satisfação mais baixos e o que mais cresceu com a intervenção (+4,49). À pergunta “Quantas vezes gostaria de ir ao Teatro Narciso Ferreira”, 53,6% dos 360 inquiridos respondeu 1 vez por mês. O cinema e o teatro dominam no que toca aos espetáculos que os utilizadores mais gostariam de assistir e 31,7% mostrou interesse em estar em palco e participar em projetos culturais.

Antes da reabilitação de que foi alvo, o Mercado Municipal de Famalicão apresentava um índice de satisfação de 4.72, valor que subiu para os 8,21 (+3,49) após a obra. Aspeto/beleza da zona, animação do espaço público e a atratividade do espaço foram os fatores cujo níveis de satisfação mais evoluíram após a intervenção.

Ainda sobre a Praça, de referir que 99.7% dos 369 inquiridos estão satisfeitos com o seu horário de funcionamento. O período da manhã foi eleito o horário mais adequado para as necessidades dos utilizadores tanto nos dias úteis, como aos fins-de-semana. O sábado é o dia da semana que recolhe maior aprovação dos inquiridos (75,6%).

Os níveis de satisfação relativos às obras de reabilitação do novo centro urbano também evoluíram positivamente, passando de um índice global de 5,31 antes da obra para 7,82 após a intervenção (+2,51). As condições de segurança, limpeza e salubridade são os aspetos que merecem níveis de satisfação mais elevados. Para os 369 inquiridos, aspeto/beleza da zona, animação do espaço público e a atração de novos habitantes/comerciantes são os fatores que mais cresceram com a intervenção.

Refira-se que estas três intervenções promovidas pela autarquia no quadro do PEDU – Plano Estratégico para o Desenvolvimento Urbano, no âmbito do Programa Operacional Norte 2020, têm associadas, obrigatoriamente, um indicador de satisfação dos cidadãos.

O processo de recolha de informação assentou numa metodologia de cariz quantitativo, consubstanciada na aplicação de um questionário presencial. Nos estudos relativos a estes três projetos foram inquiridos indivíduos presentes nas redondezas dos locais a avaliar. De forma a garantir a maior aleatoriedade possível ao estudo, foram abordados/convidados a participar no estudo apenas 1 em cada 3 indivíduos.

A aplicação dos questionários durou, em média, 5 minutos. Os processos de inquirição decorreram nos dias 19 e 26 de novembro de 2022. O intervalo de confiança do estudo é de 95%. A margem de erro é de 5%.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

ÚLTIMAS

MAIS LIDAS