Sexta-feira, Janeiro 27, 2023
3.9 C
Braga
InícioBragaNúmero de eco-escolas no concelho de Braga aumentou 50%

Número de eco-escolas no concelho de Braga aumentou 50%

© CM Braga

O número de eco-escolas no concelho de Braga aumentou 50% em 2021-2022, existindo agora 31 eco-escolas. Desde 2013 que o Município desenvolve um conjunto alargado de iniciativas de educação ambiental com a comunidade escolar com o objetivo de diminuir a pegada ecológica.

Este trabalho constante e permanente permitiu desenvolver mais de 500 atividades e envolver mais de 25 mil alunos na consagração de objetivos semelhantes, sobretudo os de mudança de paradigma nas gerações mais nova. Em 2013 existiam sete escolas com a distinção de Eco-Escolas em todo o Concelho, atualmente esse número subiu para 31.

Para Altino Bessa, vereador com o pelouro do Ambiente, “o incremento de mais de 50% de Eco-Escola, entre 2021 e 2022, é um motivo de grande orgulho para a todos”. “O apoio que temos dado às escolas, com técnicos, logística e recursos municipais, revela a importância que atribuímos ao programa Eco-Escolas e ao objetivo comum de preservar o Ambiente”, refere o vereador.

Este resultado, além de representar um grande empenho do Município em apoiar o desenvolvimento das atividades, também representa a disponibilidade e importância que as comunidades escolares estão a prestar ao tema, o que merece reconhecido agradecimento.

Altino Bessa fala num crescimento gradual, mas consistente. “Verificámos que todos os anos há novas escolas a obter esta distinção de Eco-Escola, o que revela uma vontade da comunidade escolar estar envolvida com a autarquia neste desígnio comum, pelo que desafio as escolas que não aderiram a fazê-lo”, sustenta.

Recorde-se que o programa eco-escolas é desenvolvido desde 1996 pela Associação Bandeira Azul da Europa com o objetivo de encorajar ações e reconhecer o trabalho desenvolvido pelas escolas, no âmbito da Educação Ambiental para a sustentabilidade.

O programa com coordenação multinível permite a confluência para objetivos, metodologias e critérios comuns que respeitam a especificidade de cada escola relativamente aos seus alunos e caraterísticas do meio envolvente. A sua metodologia inspirada nos princípios da Agenda 21 local, visa garantir a participação das crianças e jovens na tomada de decisões, promover uma cidadania responsável e contribuir para uma escola e uma comunidade mais sustentáveis.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

ÚLTIMAS

MAIS LIDAS