Sábado, Maio 25, 2024
14.5 C
Braga
AtualidadeInvestigaçãoInvestigadores da UNU-EGOV premiados pela UMinho

Investigadores da UNU-EGOV premiados pela UMinho

João Martins e António Tavares vão ser distinguidos com o Prémio de Investigação da Escola de Economia e Gestão.

© António Tavares / João Martins

Dois investigadores da Universidade das Nações Unidas – Unidade Operacional em Governação Eletrónica (UNU-EGOV), instalada em Guimarães, vão receber esta terça-feira, o Prémio de Investigação da Escola de Economia e Gestão (EEG) da Universidade do Minho (UMinho), que será entregue durante a cerimónia comemorativa do 42.º aniversário da escola, com início às 14:30, no auditório B1 do Edifício 2 do Campus de Gualtar, em Braga.

João Martins, assistente de investigação sénior e António Tavares, professor adjunto da UNU-EGOV serão distinguidos com o prémio de investigação na área da Ciência Política, tendo por base o artigo “Joining the Open Government Partnership Initiative: An Empirical Analysis of Diffusion Effects”, publicado no ano passado na revista científica “Government Information Quarterly”.

No artigo, os autores analisam o papel da difusão na decisão dos países de aderirem à Parceria para a Administração Aberta/Open Government Partnership (OGP), uma iniciativa multilateral que reúne líderes governamentais de 75 países e organizações da sociedade civil, criada em 2011 para promover uma governação transparente, participativa, inclusiva e responsável. Os autores concluíram que a proximidade regional a outros países já aderentes, a partilha de traços culturais e políticos comuns e a presença em organizações internacionais são fatores que favorecem a adesão de novos países à OGP, de que Portugal faz parte desde finais de 2017.

Os autores, João Martins e António Tavares, sublinham ainda, no mesmo artigo, que “os países democráticos são, em geral, mais propensos a aderir à OGP, mas as autocracias também aderem, sob condição de outras autocracias aderirem”.

Além da entrega de prémios, a cerimónia comemorativa do 42.º aniversário da Escola de Economia e Gestão da Universidade do Minho contará ainda com a palestra “Nos 50 anos do 25 de abril: As mudanças do mundo e os seus impactos na definição estratégica de Portugal”, proferida pelo antigo vice-primeiro ministro português Paulo Portas.

A abertura da cerimónia estará a cargo do presidente da EEG, Luís Aguiar-Conraria e o encerramento contará com a intervenção do reitor da UMinho, Rui Vieira de Castro.

A cerimónia poderá ser acompanhada online através do canal YouTube da EEG.

PARTILHE A NOTÍCIA

LEIA TAMBÉM

PUBLICIDADE

NEWSLETTER

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

REPORTAGEM

POPULARES