Sábado, Novembro 26, 2022
12.8 C
Braga
InícioAtualidadeImagens da Virgem Peregrina de Fátima tem 14 viagens previstas para o...

Imagens da Virgem Peregrina de Fátima tem 14 viagens previstas para o próximo ano

DR

Após vários adiamentos e cancelamentos devido à pandemia da Covid-19, estão previstas cerca de 14 viagens da Imagem Peregrina de Nossa Senhora de Fátima, em Portugal, Estados Unidos da América, França, Nicarágua, Argentina, Itália, Chile, Países do Cáucaso, Espanha e Colômbia.

De acordo com o Santuário de Fátima, “a Imagem n.º 1, entronizada na Basílica de Nossa Senhora do Rosário de Fátima, só sai em ocasiões muito especiais. Para 2022 não está prevista nenhuma visita com esta imagem”. “Por seu turno, a Imagem da Virgem Peregrina n.º 2 estará de 16 a 23 de maio no Colégio Conciliar de Maria Imaculada, de Leiria. Esta visita acontece no âmbito desta instituição celebrar 80 anos de existência no ano de 2022. A 25 de junho esta imagem ruma à diocese de Aveiro, à Paróquia de Nossa Senhora da Saúde, Costa Nova do Prado, para celebrar 33.º aniversário desta comunidade”, acrescenta.

A Imagem da Virgem Peregrina n.º 3 de 30 de setembro a 5 de novembro, marcará presença num congresso a decorrer em Miami, nos Estados Unidos da América, organizado pelas Servas dos Corações Trespassados de Jesus e Maria.

A diocese de Nanterre, França, irá acolher a Imagem da Virgem Peregrina n.º5, de 1 de outubro de 2022 a 31 de agosto de 2023, numa caminhada preparatória para a Jornada Mundial da Juventude 2023, em Portugal.

A Imagem da Virgem Peregrina n.º 6 encontra-se em Nicarágua desde 22 de janeiro de 2020. O regresso ao Santuário de Fátima estava inicialmente previsto para agosto de 2021, mas, devido a várias interrupções da visita por motivo da pandemia, o termo da peregrinação foi sendo adiado, estando agora previsto para agosto de 2022.

Também a Imagem da Virgem Peregrina n.º 7 está desde o dia 1 de abril de 2019 numa peregrinação na Argentina por todas as dioceses do país, agora previsto que a devolução a Portugal deverá ocorrer no final de março de 2022.

A Imagem da Virgem Peregrina n.º 8 estará ao longo do mês de maio na Paróquia de Santa Maria la Nova, diocese de Aversa, Itália, para viver de forma mais intensa o mês de Maria.

As Paróquias de Astromil e Rebordosa, Paredes, diocese do Porto, irão acolher a Imagem da Virgem Peregrina n.º 9 durante os meses de setembro e outubro.

O Apostolado Mundial de Fátima da Região da Lombardia tem vindo a promover a realização de visitas da Imagem Peregrina de Nossa Senhora de Fátima no norte de Itália, de há uns anos a esta parte, e depois de terem sido canceladas as visitas em 2020 e em 2021, é intenção retomá-las em 202, com a presença da Imagem da Virgem Peregrina n.º 10.

A Imagem da Virgem Peregrina n.º 11 encontra-se em peregrinação no Chile, desde setembro de 2019. Devido à pandemia, o termo da peregrinação foi sendo protelado, estando agora previsto que o regresso ao Santuário de Fátima ocorrerá em janeiro de 2022.

No que toca aos Países do Cáucaso (Geórgia, Arménia e Azerbaijão), esta peregrinação esteve programada para 2021, mas, devido à pandemia, foi adiada, para 2022, ainda sem uma data definida.

Também a Paróquia de S. Sebastião Mártir, de Mentrida, diocese de Toledo, Espanha., vai acolher uma das Imagens da Virgem Peregrina ainda com datas a definir, tal como acontece com várias dioceses da Colômbia, na América do Sul.

“Feita segundo indicações da Irmã Lúcia, a primeira Imagem Peregrina de Nossa Senhora de Fátima foi oferecida pelo bispo de Leiria e coroada solenemente pelo arcebispo de Évora, em 13 de maio de 1947. A partir dessa data, a Imagem percorreu, por diversas vezes, o mundo inteiro, levando consigo uma mensagem de paz e amor”, sublinha este santuário.

“A génese deste percurso remete-nos para o ano de 1945, pouco depois do final da 2.ª Guerra Mundial, quando um pároco de Berlim propôs que uma imagem de Nossa Senhora de Fátima percorresse todas as capitais e cidades episcopais da Europa, até à fronteira da Rússia. A ideia foi retomada em abril de 1946, por um representante do Luxemburgo no Conselho Internacional da Juventude Católica Feminina, e, no ano seguinte, no preciso dia da sua coroação, teve início a primeira viagem. Depois de mais de meio século de peregrinação, em que a Imagem visitou 64 países dos vários continentes, alguns deles por diversas vezes, a Reitoria do Santuário de Fátima entendeu que ela não deveria sair mais, a não ser por alguma circunstância extraordinária, como foi o caso da Jornada Mundial da Juventude no Panamá, em janeiro de 2019. Antes desta importante viagem, foi alvo de um processo de estudo técnico e material no Centro de Conservação e Restauro da Escola das Artes da Católica no Porto, a entidade escolhida pelo Museu do Santuário de Fátima para levar a cabo a identificação dos materiais que constituem o suporte e superfície da escultura, bem como a caracterização das técnicas construtivas utilizadas”, explica ainda.

A fim de dar resposta aos imensos pedidos provenientes de todo o mundo, foram, entretanto, feitas várias réplicas da primeira Imagem Peregrina, num total de treze.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

ÚLTIMAS

MAIS LIDAS