Sábado, Maio 28, 2022
20 C
Braga
InícioBragaHospital de Braga aposta numa cultura de saúde e segurança no trabalho

Hospital de Braga aposta numa cultura de saúde e segurança no trabalho

© Hospital de Braga

O Hospital de Braga realizou hoje o Seminário “Riscos Psicossociais – da Realidade à Prevenção”, um evento que pretendeu assinalar o Dia Mundial da Saúde e Segurança no Trabalho e promover a reflexão e discussão de questões fundamentais que envolvem a Segurança e Saúde dos profissionais e utentes.

O Seminário, que também contou com apresentação do Plano de Ação para a Prevenção da Violência no Sector da Saúde pela ARS do Norte I.P. e do Programa “Saúde em Segurança” pela Polícia de Segurança Pública, reuniu cerca de uma centena de profissionais de saúde nos auditórios do Hospital.

A sessão de abertura contou com a presença de João Porfírio Oliveira, presidente do Conselho de Administração do Hospital de Braga EPE, e de Emanuel Gomes, diretor da Unidade Local de Braga da Autoridade para as Condições de Trabalho.

Nesta sessão, o presidente do Conselho de Administração do Hospital de Braga, começou por “reconhecer o trabalho de todos os profissionais de saúde ao longo da pandemia, num contexto que promoveu um elevado risco e desgaste psicossocial”.

De seguida, agradeceu ao Gabinete da Gestão do Risco pela organização do seminário e destacou a criação do Gabinete de Apoio ao Profissional, “um projeto essencial para potenciar o equilíbrio emocional e a qualidade de vida no trabalho e garantir elevados níveis de saúde e bem-estar mental junto dos profissionais de saúde”.

Por sua vez, Emanuel Gomes parabenizou a realização do evento e destacou a importância da prevenção da violência contra os Profissionais de Saúde, considerando mesmo “inaceitável qualquer tipo de assédio ou violência”.

À margem do evento, Sílvia Oliveira, coordenadora do Gabinete de Gestão do Risco do Hospital de Braga, evidenciou uma das mais recentes estratégias que visam fornecer o suporte adequado aos profissionais que vivenciem um evento adverso: o Programa de Apoio à Segunda Vítima. “Este Programa assenta na perspetiva do cuidado da organização aos seus profissionais, da consciência do impacto que os eventos adversos podem ter na saúde mental dos seus colaboradores e na difusão de uma cultura organizacional de suporte”, explicou.

Sob o mote “Agir em conjunto para construir uma cultura positiva de saúde e segurança”, a Organização Internacional do Trabalho (OIT) desafiou várias instituições de diferentes países a associar-se a esta causa. O Hospital de Braga foi uma das instituições a aceitar o desafio por considerar este tema como um pilar importante na dinâmica da Organização.

Apoie a Braga TV

A Braga TV precisa do seu contributo, caro leitor.

Contribua com o seu donativo para que possamos continuar a dar informação aos nossos leitores.

Apoie aqui.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

ÚLTIMAS

MAIS LIDAS