Sábado, Maio 28, 2022
27.8 C
Braga
InícioRegiãoFins de Semana Gastronómicos do Turismo do Porto e Norte estão de...

Fins de Semana Gastronómicos do Turismo do Porto e Norte estão de regresso à região

© Turismo do Porto e Norte

Setenta e oito municípios, mais de 900 restaurantes e cerca de 400 alojamentos do destino do Porto e Norte fazem a XIII edição dos Fins de Semana Gastronómicos, uma iniciativa com a chancela do Turismo do Porto e Norte.

Durante 27 fins de semana e oito meses de atividade, esta iniciativa de sucesso, hoje apresentada em Chaves, vai “impulsionar um setor verdadeiramente arrasado nos últimos dois anos pela pandemia e que precisa de continuar a ser apoiado”, considera Luís Pedro Martins, presidente do Turismo do Porto e Norte, acrescentando que “ao longo dos anos estes fins de semana gastronómicos têm sido uma alavanca de promoção de um dos produtos-âncora do destino, a boa gastronomia e os bons vinhos da região”.

No horizonte está a salvaguarda da herança de sabores ancestrais, algumas vezes reinterpretados pelas tendências da cozinha contemporânea, numa diversidade de receitas e produtos endógenos que atestam a qualidade do que é servido aos visitantes. Para lá de aquilo que é o usufruto desta explosão de sabores, esta é também uma iniciativa capaz de gerar um efeito de arrastamento na visitação dos respetivos territórios, “otimizando a procura do turismo cultural, patrimonial, aventura, náutico, saúde e bem-estar entre outros”, sublinha Luís Pedro Martins.

O alojamento turístico junta-se aos restaurantes para esta ação. Mais de 400 empreendimentos, entre os quais 250 espaços temáticos direcionados para o enoturismo. A este propósito, o presidente do Turismo do Porto e Norte lembra a mais-valia que será “a nova Rota dos Vinhos e do Enoturismo do Porto e Norte, juntando o Instituto do Vinho do Douro e Porto, as três comissões regionais de vinho que integram o destino e que, estamos convictos, fará da região uma referência mundial na área do enoturismo”.

A autarquia anfitriã do evento de apresentação, Chaves, pela voz do seu presidente, Nuno Vaz Ribeiro, enfatizou a importância deste projeto “que valoriza os produtos de cada região e torna possível diversificar a oferta turística, promove a deslocação para o interior dos fluxos turísticos e combate a sazonalidade”. A este evento Chaves associa ainda o Festival Gastronómico do Bacalhau como produto turístico, cuja primeira edição decorrerá em fins do mês de maio, com o objetivo de estimular a retoma da procura turística da região, quer por residentes no território nacional, quer na vizinha Galiza, mercado de proximidade com particular apetência para eventos desta tipologia.

Apoie a Braga TV

A Braga TV precisa do seu contributo, caro leitor.

Contribua com o seu donativo para que possamos continuar a dar informação aos nossos leitores.

Apoie aqui.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

ÚLTIMAS

MAIS LIDAS