Domingo, Março 7, 2021
11.1 C
Braga
Início Reportagem Fehst aposta na inovação tecnológica das habitações do futuro

Fehst aposta na inovação tecnológica das habitações do futuro

A Câmara de Comércio e Indústria Luso-Alemã visitou esta quinta-feira, dia 28 de março, as instalações da Fehst Componentes, empresa sediada em Braga, especializada no fabrico de componentes para automóveis. Esta visita teve como objetivo dar a conhecer os novos projetos da empresa que está agora a apostar em novas tecnologias, produzindo componentes inovadores para as habitações.

De acordo com Hatto Fehst, administrador e fundador da empresa, nesta visita guiada foi explicado como funciona a organização da empresa desde a comunicação dos operadores com a intenção de chegar à finalidade do que cada cliente pretende, para poder vender o produto. “Nesta visita mostramos, não só as nossas instalações, mas como funciona a nossa organização e como funciona a comunicação para ser transmitida nos vários eixos dos clientes para os operadores. Se o operador hoje não for integrado nas intenções do cliente final, não conseguimos vender o produto. Eles precisam entender que quem trabalha com as peças, sabe mais do que o engenheiro, pois o engenheiro faz a concessão, mas depois o resultado daquele que precisamos vem dos operadores e do conhecimento. Para isso, fazemos formações permanentemente, reciclagens e recolocação”, explicou o fundador.

A empresa detém ainda outras empresas que trabalham com outros componentes para poder diversificar o mercado e atrair outro tipo de clientes, especialmente na aposta da tecnologia da habitação. “Não queremos depender só de um mercado, mas queremos diversificação de clientelas para conseguirmos diversificar também o mercado. Para nós, o futuro são os componentes de eletrónica, elétrica e software integrados. Hoje escolhemos esse ramo e queremos ter esses produtos para os clientes que servem a cidade, que servem aos carros e, principalmente, as casas”, frisou Hatto Fehst.

Para o administrador, é uma mais-valia a empresa estar integrada na cidade de Braga, uma vez que a Universidade do Minho está entre as 500 melhores universidades do mundo. “Somos concorrentes da Bosch, que absorve quase todo o pessoal, e da Aptiv, que contrata muitos engenheiros. Todos nós contactamos as universidades e as instituições para obter mão-de-obra profissional que se encaixe, pois os recursos humanos têm que selecionar e avaliar as pessoas para cada especialidade, porque nós queremos pessoas que se identifiquem com a empresa e têm que ser felizes no trabalho que executam”, finalizou.

O Grupo Fehst detém o controlo da Fehst Componentes, da Enancer Electrónica  e da Siroco – Soc. Ind. de Robótica. A Fehst fabrica componentes decorativos para o interior do automóvel e está a apostar fortemente em componentes eletrônicas, elétrica e softwares integrados nas habitações, sendo uma mais-valia na cidade de Braga.

https://www.facebook.com/BragaaTV/videos/2327194097558398/

NOTÍCIAS RELACIONADAS

ÚLTIMAS

MAIS LIDAS