Quarta-feira, Maio 29, 2024
20.5 C
Braga
RegiãoEsposendeEsposende convida a celebrar os 50 anos do 25 de Abril

Esposende convida a celebrar os 50 anos do 25 de Abril

Programa “Viver Abril” arranca na sexta-feira.

© FLUC

No ano em que se comemoram os 50 anos do 25 de Abril, o Município de Esposende leva a efeito o programa “Viver Abril”, entre os dias 12 e 25 de abril.

Para além das sessões protocolares no Dia da Liberdade estão previstas diversas atividades, sobretudo de índole cultural. O programa celebrativo inicia na próxima sexta-feira, dia 12 de abril, pelas 16:00, com a abertura de um ciclo de quatro exposições, que estarão disponíveis ao público até ao final do mês.

“Ditadura, Revolução, Democracia”, que estará patente na Biblioteca Municipal Manuel de Boaventura, resulta de uma parceria com o Plano Nacional das Artes, o Centro de Estudos Interdisciplinares da Universidade de Coimbra e a Escola Superior de Educação de Coimbra.

“50 Anos do 25 de Abril: 50 Anos de Democracia” é o nome da coleção que a Biblioteca Digital do Cávado – AQUALIBRI disponibiliza ao público, em acesso livre e gratuito, e que será apresentada publicamente no Auditório Biblioteca Municipal. Centenas de documentos de natureza política, partidária e panfletária do concelho de Esposende, de 1974 até ao presente, são agora compilados num conjunto singular de informação preciosa da nossa democracia.

Na Rua 1.º de Dezembro, em Esposende, estará patente a exposição “Linhas com Liberdade”, que resulta da Oficina de Instalação de Arte Urbana do Projeto AMAReMAR – Arte e Comunidade, orientada pela artista Ana da Silva. Tendo por mote e inspiração os acontecimentos que desabrocharam na madrugada de 25 de abril de 1974, esta criação, com recurso à técnica de bordado com linhas de lã, resulta de uma reflexão sobre o conceito e desejo de liberdade(s).

A partir do espólio do Arquivo Municipal de Esposende, a exposição “Vistos pela Censura. A inspeção em Esposende. 1950-1970”, dará a conhecer, no Largo Rodrigues Sampaio, a dinâmica cultural e as estruturas criadas para a sua divulgação, condicionadas pelos ideais do regime e da designada “Política do Espírito”, aliadas à preservação e promoção de uma “Cultura Popular”.

A abertura deste ciclo expositivo contará com a participação da Escola de Música de Esposende, nomeadamente de professores e alunos, que interpretarão obras musicais alusivas à efeméride.

Também no dia 12, a partir das 17:30, será inaugurada na Zona Ribeirinha de Esposende a terceira edição da “Catraia de Livros”, este ano associando-se a esta efeméride, com o epíteto “Viver a Liberdade”. A sessão de abertura contará com a presença do presidente da Câmara Municipal de Esposende, Benjamim Pereira, e da Coordenadora Nacional da Rede de Bibliotecas Escolares, Manuela Pargana Silva. O programa específico do evento, que decorrerá até ao dia 25 de abril, poderá ser consultado aqui.

A programação “Viver Abril” contará com três espetáculos de música e dança, que terão lugar no Auditório Municipal de Esposende. Assim, no dia 20 de abril, sábado, às 21:30, realiza-se o concerto “Liberdade”, interpretado pelo Coro Ars Vocalis, com direção musical de Helena Venda Lima. O espetáculo, que igualmente integra a programação da “Catraia de Livros”, contará com a participação especial da Academia de Bailado de Esposende. No dia 24 de abril, quarta-feira, e com récitas às 17:00 e às 21:30, subirá ao palco a Ópera de Câmara Multimédia “Pequena História de um Povo com Memória”, interpretada pelo Quarteto Contratempus, com composição musical e libreto de João Grilo e encenação de Julieta Rodrigues, que também assina o libreto. No sábado, dia 27 de abril, com apresentações às 18:00 e às 21:30, realiza-se o espetáculo de dança “Love and Revolution”, interpretado pelas turmas de hip-hop da Academia de Bailado de Esposende, com direção artística de Bruno Faria e Paula Silva. Todos os espetáculos têm entrada livre, carecendo, contudo, de reserva prévia de bilhetes, disponíveis na bilheteira online da Esposende 2000 e no atendimento das Piscinas Foz do Cávado.

No feriado, dia 25 de abril, as celebrações iniciam com o ato solene do Hastear das Bandeiras, pelas 09:00, na Praça do Município. O momento contará com a participação musical de Teresa Nunes (soprano) e do Ensemble de Sopros da Bandas de Antas. Às 9h45, no Fórum Municipal Rodrigues Sampaio, será inaugurado o Mural Evocativo dos Presidentes da Assembleia Municipal de Esposende desde o 25 de Abril de 1974, seguindo-se, às 10h00, uma sessão extraordinária da Assembleia Municipal, comemorativa do Dia da Liberdade. Pelas 14:30, na Zona Ribeirinha de Esposende, decorre um atelier de Papagaios de Papel, um evento para crianças e famílias já com tradição neste dia, proposto pelas empresas municipais Esposende Ambiente e Esposende 2000 e que conta com a colaboração da Escola Profissional de Esposende. O programa deste dia termina com uma sessão de cinema, no Auditório Municipal, às 16:30, com o filme “Revolução (Sem) Sangue”, de Rui Pedro Sousa. Os bilhetes encontram-se disponíveis na bilheteira on-line da Esposende 2000 e no atendimento das Piscinas Foz do Cávado.

Promovida pela Escola Secundária Henrique Medina, decorrerá na manhã do dia 26 de abril, sexta-feira, uma “Caminhada pela Democracia”. Com início previsto para as 09:30, a caminhada percorrerá a zona ribeirinha e algumas artérias do centro da cidade de Esposende, estando a comunidade em geral convidada a participar. Igualmente promovido pela Escola Secundária, decorrerá na manhã do dia 27, sábado, a partir das 09:00, no Auditório Municipal de Esposende, o Encontro “Perspetivas de Educação e Cidadania”. Inserido no âmbito do Projeto EDA50 – “Escolas à Descoberta de Abril”, a convite do Conselho Nacional de Educação, este Encontro contará com a participação e partilha de experiências e conhecimentos por parte de docentes e alunos da escola, assim como de diversos especialistas convidados.

PARTILHE A NOTÍCIA

LEIA TAMBÉM

PUBLICIDADE

NEWSLETTER

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

REPORTAGEM

POPULARES