Domingo, Fevereiro 25, 2024
13.4 C
Braga
InícioRegiãoEsposendeComunidade educativa de Esposende sensibilizada para a importância da Floresta Autóctone

Comunidade educativa de Esposende sensibilizada para a importância da Floresta Autóctone

© CM Esposende

Cerca de meio milhar de participantes estiveram envolvidos na 13.ª edição da Semana da Floresta Autóctone, que o Município e a empresa municipal Esposende Ambiente levaram a efeito, entre os dias 20 e 26 de novembro.

Tendo como objetivo sensibilizar a população para a importância da floresta autóctone, a iniciativa integrou um conjunto de iniciativas dirigidas à comunidade educativa. Além de assinalar o Dia da Floresta Autóctone, que se comemora anualmente a 23 de novembro, pretendeu dar a conhecer os benefícios ecológicos e económicos da floresta autóctone em comparação com os espaços florestais de espécies introduzidas, concretamente ao nível da adaptação às condições do solo e do clima do território, sendo por isso mais resistentes a pragas, doenças, incêndios, longos períodos de seca ou de chuva intensa.

O programa desta edição integrou a visita às Árvores Notáveis do concelho de Esposende, um percurso pelos exemplares arbóreos com características únicas que os tornam especiais, e a visita ao Arboreto Florestal, espaço localizado em Vila Chã e que tem como objetivo ser um exemplo de boas práticas e gestão ativa florestal, bem como constituir um espaço de uso múltiplo da floresta.

Foi ainda desenvolvida, uma vez mais, a iniciativa “Os Sapadores vão à escola”, na qual os Sapadores Florestais se deslocaram a vários estabelecimentos de educação e ensino e demonstraram algumas das tarefas e funções relacionados com o trabalho diário da Equipa de Sapadores Florestais.

Foi também realizado um peddy-paper florestal no CEA, uma atividade lúdico-pedagógica dedicada aos recursos florestais, que incluiu um conjunto de jogos subordinados à biodiversidade existente nos espaços florestais.

Ainda no âmbito desta iniciativa foi lançado o Desafio #11 “Dia a dia pense verde todo o ano – Dia da Floresta Autóctone”. Dirigido à comunidade educativa, este desafio consistiu na realização de uma ilustração de uma espécie florestal autóctone presente na floresta portuguesa.

O evento culminou com a realização do workshop “Hoje é dia de vermicompostagem”, sob a orientação do formador Pierre Del Cos, que teve como propósito dar a conhecer as especificidades, exigências e vantagens da compostagem realizada com recurso a minhocas. Nesta ação, os participantes tiveram a oportunidade de construir o seu próprio vermicompostor.

LEIA TAMBÉM

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

REPORTAGEM

POPULARES