Sábado, Março 6, 2021
12.8 C
Braga
Início Braga Câmara e Empresas Municipais de Braga apadrinham 200 crianças e jovens institucionalizados

Câmara e Empresas Municipais de Braga apadrinham 200 crianças e jovens institucionalizados

Tendo em conta que as instituições em Braga não possuem meios para realizar um Natal especial a todos os seus utentes, nasceu o projeto “Padrinhos de Coração”. Esta é uma iniciativa do Município de Braga e das empresas municipais com o objetivo de presentear neste um Natal as quase duas centenas de crianças e jovens institucionalizados na cidade, assim como os refugiados sob tutela da Adolescer e do CLIB.

Depois do desafio lançado aos funcionários municipais, cada um recebeu um postal escrito pelas crianças e jovens, apadrinhando cada utente.

Também cada instituição foi presenteada através de padrinhos individuais que abraçaram esta causa maior.

O Centro Social Padre David mostrou algumas lacunas a nível de materiais de estudo e uma televisão que serão oferecidos por Francisco Trincão. A empresa Bernardo da Costa ofereceu uma consola ao Colégio de São Caetano e o Instituto Monsenhor Airosa recebeu o seu presente através dos funcionários do Braga Parque. O Colégio Nossa Senhora das Graças tiveram a Policia Municipal como padrinhos, sendo que a Fundação Bonfim foi apoiada pelos TUB. A Proteção Civil da Câmara Municipal de Braga deu a mão às Oficinas de São José, enquanto que a Associação de São José foi amparada pelo Leroy Merlin, que irá remodelar todo o seu Jardim exterior.

Para Sameiro Araújo, vice-presidente do Município de Braga, “esta foi uma forma de agradecimento a todos aqueles que são verdadeiros heróis, principalmente num ano tão diferente como este”.

“Infelizmente muitas famílias têm os seus sonhos presos pela desigualdade e muitas vezes pela falta de sorte que a vida lhes trouxe. Existem centenas de crianças com famílias desestruturadas em Braga e que foram acolhidas pelas várias instituições da nossa cidade, que até hoje têm feito um trabalho irrepreensível para que nunca, em tempo algum, estas crianças e jovens se sintam desamparadas e esta é a nossa forma de lhes agradecer”, realçou.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

ÚLTIMAS

MAIS LIDAS