Quinta-feira, Junho 20, 2024
21.7 C
Braga
BragaBraga vence prémio Nacional de Sustentabilidade

Braga vence prémio Nacional de Sustentabilidade

© CM Braga

O Pacto de Mobilidade Empresarial de Braga venceu o prémio Nacional de Sustentabilidade, na categoria “Mobilidade Sustentável”. Numa iniciativa dinamizada pelo Jornal de Negócios, que pretende valorizar medidas, serviços ou produtos que promovam cidades ou vilas sustentáveis e o bem-estar da comunidade, a cidade de Braga foi reconhecida pelo seu contributo para uma mobilidade mais sustentável no concelho.

Iniciado em 2022, o Pacto de Mobilidade Empresarial de Braga (PMEB), promovido pelo BCSD Portugal e pela Câmara Municipal de Braga, conta com 38 empresas e instituições signatárias que assumiram compromissos a serem implementados até final de 2023, no sentido de transitarem para uma mobilidade mais sustentável, inclusiva e digital no concelho.

Este projeto surgiu em 2019, na sequência do primeiro Relatório de Sustentabilidade do Concelho, realizado pela Câmara Municipal de Braga, determinando que 65% das emissões são oriundas da mobilidade. Ciente da “importância da mobilidade para a descarbonização do concelho”, o Município tem apostado no estabelecimento de parcerias e em iniciativas que promovem a transição para uma mobilidade urbana sustentável e inteligente.

O PMEB promove a descarbonização do concelho através de 28 medidas propostas às empresas, das quais fazem parte, entre outras, a aquisição de veículos elétricos; a partilha de viagens; a utilização de transportes públicos; a adopção de uma mobilidade ativa (com a promoção do uso da bicicleta, ou outros modos suaves); a implementação de práticas para a gestão eficiente das rotas; a promoção de reuniões remotas, ou a adoção de um regime de teletrabalho/híbrido. A implementação destas e outras medidas pode impactar mais de dez mil trabalhadores, quer seja através da redução de deslocações ou diminuição do tráfego e consequente poluição atmosférica.

Fruto deste PMEB, 22 entidades signatárias de Braga que operam em setores de atividade como a distribuição e transporte, construção, indústria ou serviços comprometem-se a adquirir veículos elétricos, numa medida que visa evitar a emissão de 582 toneladas de CO2/ano, implicando, em média, a substituição de 3% da frota circulante.

A cerimónia de entrega do Prémio Nacional de Sustentabilidade decorreu no encerramento da Grande Conferência Negócios Sustentabilidade 20|30. A edição do prémio deste ano contou dez categorias: Descarbonização; Economia Circular; Mobilidade Sustentável; Preservação do Capital Natural; Bem-estar e Cidades Sustentáveis; Igualdade, Diversidade e Equidade; Saúde e bem-estar nas Organizações; Comunicação de Sustentabilidade; Finanças Sustentáveis e Transformação Digital em Sustentabilidade.

Todas as candidaturas submetidas foram analisadas pela Deloitte, totalizando 117 os projetos elegíveis pelos critérios do Knowledge Partner do prémio. As distinções foram atribuídas após a análise e votação de um conceituado júri de cada categoria.

PARTILHE A NOTÍCIA

LEIA TAMBÉM

PUBLICIDADE

NEWSLETTER

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

REPORTAGEM

POPULARES