Domingo, Fevereiro 25, 2024
12.9 C
Braga
InícioBragaBraga: São Vicente deu formação para incentivar à utilização da agricultura biológica

Braga: São Vicente deu formação para incentivar à utilização da agricultura biológica

© Junta de São Vicente

A Junta de São Vicente, em parceria com o Município de Braga, realizou no sábado uma formação sobre compostagem na horta urbana desta freguesia.

De acordo com o Executivo da freguesia, esta iniciativa teve como objetivo “partilhar conhecimentos e experiências que são determinantes para uma boa utilização dos recursos da horta urbana”.

© Junta de São Vicente

A autarquia local pretende, com esta formação, incentivar os utilizadores da horta a optarem pela agricultura biológica, evitando químicos e fertilizantes e a um controlo na poupança da água.

Daniel Pinto, presidente da Junta de Freguesia de São Vicente, presente na formação, informou que esta sessão foi “benéfica”, uma vez que foi explicado aos utilizadores da horta sobre a importância da compostagem.

“A horta urbana de São Vicente está em funcionamento há mais de um ano e tem tido resultados muito positivos. Esta formação está associada ao projeto da horta, nomeadamente na consciencialização da população, onde a comunidade pode beneficiar da horta. Neste caso concreto, a compostagem foi o tema abordado na formação, uma vez que as pessoas podem usá-la no seu dia a dia, em casa ou nos apartamentos. São Vicente é uma freguesia predominantemente urbana, e, portanto, falámos daquilo que a comunidade pode compostar no seu apartamento com a vermicompostagem com a utilização de minhocas”, explicou Daniel Pinto.

O autarca acrescentou que a Junta colocou recentemente dois novos compositores na horta. “Falámos às pessoas que podem compostar na horta aquilo que são os resíduos produzidos no âmbito da horta. Podem também trazer de casa e colocar no compostor da horta, e permitir utilizar aquele composto que acaba por ser um fertilizante”, referiu.

© Junta de São Vicente

De acordo com o presidente, esta sessão “foi um sucesso com uma participação significativa com os utilizadores da horta, aberta também à população em geral”.

A Junta de São Vicente vai também agendar duas sessões no mês de março sobre a utilização de pesticidas e herbicidas. “É um tema muito importante do impacto negativo que estes produtos têm para a saúde e, por isso, para que naquele cultivo da nossa horta não sejam utilizados químicos que são nocivos para o ambiente e para a saúde humana”, disse Daniel Pinto.

A formação contou com a participação de Cristina Costa da ASPEA – Associação Portuguesa de Educação Ambiental, do pelouro do ambiente da Câmara Municipal de Braga e de Tony Reis, da Junta de Freguesia de São Vicente.

LEIA TAMBÉM

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

REPORTAGEM

POPULARES