Sexta-feira, Setembro 17, 2021
16.6 C
Braga
InícioBragaBraga para Todos quer retirada de contentores próximos a habitações em Fraião

Braga para Todos quer retirada de contentores próximos a habitações em Fraião

Braga Para Todos

O movimento político “Braga Para Todos” denunciou a colocação de contentores de lixo a menos de dois metros das janelas e varandas de um prédio, na Rua Conde Dom Henrique, na freguesia de Fraião.

De acordo com o “Braga Para Todos”, os contentores de lixo orgânico aí colocados provocam “mau odor originado por estes, uma vez que são limpos poucas vezes e acabam por ficar abertos face à elevada quantidade de lixo colocado pelos moradores”.

Braga Para Todos

O movimento político afirma que tem vindo a acompanhar esta situação desde 5 de setembro de 2020 e que aconselhou o morador a reportar esta situação à AGERE.

“Após envio da queixa, o morador apenas recebeu um e-mail informativo sobre o funcionamento deste método de recolha de lixo orgânico e salientaram que não têm recebido queixas, o que é mentira porque já denunciaram vários casos e conseguiram que estes fossem mudados de local”, explicou Elda Fernandes do “Braga Para Todos”.

“A localização dos contentores está longe de ser uma decisão política pacífica. Temos contentores a ocupar lugares de estacionamento, outros na via pública, mas os casos mais graves são os de salubridade. As pessoas não podem numa cidade ter contentores ao lado das suas janelas ou portas, como acontece várias vezes. Inadmissível é a AGERE dizer que não há queixas, até porque uma pesquisa num motor de busca facilmente derruba esta teoria, pois o nosso movimento já denunciou situações destas várias vezes e todas elas estavam indicadas já à AGERE e às próprias Juntas de Freguesia, que afirmam não ter possibilidade de agir, como neste caso que hoje reportamos”, reforçou Elda Fernandes.

Braga Para Todos

Elda Fernandes afirma que já se deslocou a alguns lugares e que “não há qualquer questão política ou embirração por parte destes moradores”. “Apesar destas pessoas, por vezes, serem acusadas e até menosprezada a sua opinião em Assembleias Municipais e demais espaços públicos de exercício da cidadania, elas têm razão e todo o direito e dever de exigir que movam os contentores. É uma questão de salubridade e trata-se de um serviço pago a uma empresa que tem como função servir os bracarenses e não impor posições desconfortáveis a estes onde escolheram habitar”.

Elda Fernandes lamenta que a AGERE “não remova os contentores para locais que não incomode os moradores”.

Apoie a Braga TV

A Braga TV precisa do seu contributo, caro leitor.

Contribua com o seu donativo para que possamos continuar a dar informação aos nossos leitores.

Apoie aqui.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

ÚLTIMAS

MAIS LIDAS