Sexta-feira, Junho 7, 2024
34.5 C
Braga
ReportagemBraga envia quinta ambulância com ajuda humanitária para a Ucrânia

Braga envia quinta ambulância com ajuda humanitária para a Ucrânia

A campanha solidária “Uma Ambulância para a Ucrânia” lançada em Braga angariou a quinta ambulância que sairá este sábado.

© Sandra Antunes

A campanha solidária “Uma Ambulância para a Ucrânia” lançada em Braga angariou a quinta ambulância que sairá este sábado para aquele país juntamente com ajuda humanitária.

A viatura foi oferecida pelos Bombeiros Voluntários da Póvoa de Varzim e será enviada para o Hospital de Tratamento Intensivo de Kozeletska, em Chernihiv.

Luís Pedroso, presidente da União de Freguesias de Maximinos, Sé e Cividade e membro fundador da UPE – Associação Centro Social e Cultural Luso-Ucraniano, agradeceu a solidariedade perante o povo da Ucrânia e relembrou que a guerra começou em 2014 com a invasão da Crimeia.

© Sandra Antunes

“O povo português e bracarense é um povo solidário. Sabemos perfeitamente o drama que se vive na Ucrânia e tenho pena que só há dois anos é que o mundo inteiro começou a olhar para a causa ucraniana com outros olhos. A nossa associação começou a ser solidária com o povo ucraniano já em 2014 e em 2015 foi enviado o primeiro carregamento com ajuda. Nessa altura, quando houve a invasão na Crimeia, nós fomos os primeiros a ser solidários”, realçou o autarca.

Por seu turno, Abraão Veloso, presidente da Direção da UPE – Associação Centro Social e Cultural Luso Ucraniano, falou sobre a campanha solidária que ainda está a decorrer e agradeceu a solidariedade da população.

“A única coisa que nós podemos ajudar é evitar que as tragédias sejam mais profundas. Somos uma pequena associação, mas felizmente temos um conjunto de pessoas que nos vão ajudando. A opinião pública europeia continua a apoiar a causa e é muito importante estarmos a ajudar. Quero agradecer ao povo português todo este apoio que tem sido extraordinário”, disse.

© Sandra Antunes

Pedro Stepanets, vice-presidente da Assembleia da UPE – Associação Centro Social e Cultural Luso-Ucraniano, irá transportar a ambulância até à Ucrânia e lamentou a invasão russa que tem causado sofrimento ao seu povo.

“As pessoas que ocuparam o território do meu país querem destruir e matar o meu povo. Eu tenho uma palavra para esta gente: são uns bárbaros. Precisamos de nos juntar e ganhar a estes bárbaros. Se não ganharmos, todo o mundo vai sofrer e nós sabemos disso porque somos vizinhos desses bárbaros e graças a Deus que o mundo já percebeu”, sublinhou.

Em representação da Câmara Municipal de Braga esteve presente o vereador Altino Bessa que destacou o dia do lançamento da campanha, a 24 de agosto, Dia da Declaração da Independência da Ucrânia, onde fez o apelo para a angariação de fundos para enviar um camião em agosto. “Há um outro objetivo que é a questão de enviar em agosto um camião de alimentos e faço daqui um apelo aos cidadãos bracarenses e às empresas que poderiam ser solidárias com esta causa com pequenas verbas e ajudar neste desígnio de mandar alimentos para a Ucrânia”, reforçou.

Bernardo Reis, provedor da Santa Casa da Misericórdia, também marcou presença na conferência de imprensa que decorreu na manhã desta sexta-feira, na sede da Junta de Freguesia de Maximinos, tendo oferecido medicamentos que serão também enviados para a Ucrânia.

Está ainda a decorrer a angariação de fundos para adquirir ou recuperar ambulâncias para enviar para as zonas mais afetadas pela guerra, assim como bens alimentares, latas de conservas vazias e velas para o fabrico de velas de aquecimento para o próximo inverno. 

Os donativos podem ser enviados para o IBAN 0010.0000.5320.3390.0038.7. Para mais informações, consulte o site da UPE – Associação Centro Social e Cultural Luso Ucraniano aqui.

Recorde-se que a campanha solidária “Uma Ambulância para a Ucrânia” foi lançada no Dia da Independência da Ucrânia, no dia 24 de agosto de 2023. Leia o artigo aqui.

PARTILHE A NOTÍCIA

LEIA TAMBÉM

PUBLICIDADE

NEWSLETTER

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

REPORTAGEM

POPULARES