Alexandra Lucas Coelho recebe Grande Prémio Maria Ondina Braga a 9 de outubro
Terça-feira , Outubro 27 2020 Periodicidade Diária nº 2617
Principal / Cultura / Alexandra Lucas Coelho recebe Grande Prémio Maria Ondina Braga a 9 de outubro

Alexandra Lucas Coelho recebe Grande Prémio Maria Ondina Braga a 9 de outubro

O Museu Nogueira da Silva recebe no próximo dia 9 de outubro, pelas 17h30, a cerimónia de entrega do Grande Prémio de Literatura de Viagens Maria Ondina Braga. A vencedora da terceira edição deste prémio é Alexandra Lucas Coelho com o livro “Cinco Voltas na Bahia e Um Beijo para Caetano Veloso”, editado pela Editorial Caminho.

Nascida em 1967 em Lisboa, Alexandra Lucas Coelho estudou teatro no IFICT e comunicação na Universidade Nova de Lisboa. Publicou cinco livros de reportagem-crónica viagem: Oriente Próximo (2007), Caderno Afegão (2009), Viva México (2010), Tahrir (2011), Vai, Brasil (2013) e o romance E a Noite Roda, que foi galardoado com o Grande Prémio de Romance e Novela da APE, 2012. Tem carteira de jornalista desde Janeiro de 1987, tendo vivido em Jerusalém e no Rio de Janeiro.

O júri, constituído por Guilherme d’Oliveira Martins, Fernando Batista e Isabel Cristina Mateus e coordenado por José Manuel Mendes, distinguiu esta obra, por unanimidade, visto revelar “originalidade literária pela conjugação de viagens diversas, geográficas históricas e interculturais”. Este livro “evidencia ainda uma aproximação cultural e linguística entre o Portugal e o Brasil contemporâneos, ressalvando a complementaridade e as diferenças”, refere-se na sua ata de atribuição.

Nesta 3ª edição do Grande Prémio de Literatura de Viagens Maria Ondina Braga, instituído pela Associação Portuguesa de Escritores com o patrocínio da Câmara Municipal de Braga, concorreram obras em português e de autores portugueses, no domínio da Literatura de Viagens publicadas no ano de 2019.

Recorde-se que o Prémio Literário Maria Ondina Braga, que o Município de Braga instituiu em 2005 com caráter bienal, deu lugar a um “Grande Prémio” no âmbito exclusivo da literatura de viagens. Partindo de uma parceria com a Associação Portuguesa de Escritores, esta iniciativa passou a ter caráter anual, ascendendo o valor pecuniário a atribuir para os 12.500 euros. A sua organização passou, entretanto, a ser assumida pela Associação Portuguesa de Escritores, com financiamento do Município de Braga, sendo ambas as entidades promotoras do prémio.

Em 2018, o vencedor deste prémio foi Afonso Cruz com a obra “Jalan, Jalan: Uma Leitura do Mundo” e, em 2017, Paulo Moura com “Extremo Ocidental – Uma Viagem de Moto Pela Costa Ocidental Portuguesa, de Caminha a Monte Gordo”.