Sexta-feira, Janeiro 27, 2023
4.6 C
Braga
InícioDesportoFutebolA assistir ao Campeonato do Mundo no Qatar? Aqui estão 3 Coisas...

A assistir ao Campeonato do Mundo no Qatar? Aqui estão 3 Coisas Importantes a Recordar

Com as fases de grupo a chegar ao fim, espera-se que mais adeptos se desloquem ao Qatar para experimentarem uma taça do mundo. Eis o que um turista precisará de saber.

© fifg/Shutterstock

Mesmo com o Campeonato do Mundo bem encaminhado, haverá ainda algumas pessoas a planearem fazer a viagem até ao Qatar para apanharem o último final da primeira e segunda metade do torneio. Para quem pretender fazer esta viagem, vale a pena ter um bom conhecimento das diferenças culturais no Qatar, a fim de ter um tempo seguro e agradável dentro do país.

A aparente falta de direitos dos trabalhadores no Qatar, entre outras coisas, tem sido fortemente contestada pelos meios de comunicação social e o escrutínio das políticas do país parece provável que continue. Apesar disto, até agora, o campeonato do mundo tem tido um grande início com os adeptos que parecem integrar-se bastante bem dentro da cultura da cidade. No entanto, há ainda um longo caminho a percorrer no torneio. As principais diferenças nas leis que os turistas devem ter conhecimento antes de viajar para o país incluem:

1. Leis sobre jogos de azar

Como país islâmico, o jogo e todos os jogos que se assemelham ao jogo são estritamente proibidos dentro do Qatar. Qualquer pessoa apanhada a participar em jogos de azar enfrenta a ameaça de uma multa e de 3 meses atrás das grades. Estas leis estendem-se aos jogos de azar online, embora muitos grandes sites de apostas aceitem jogadores sediados no Qatar. Através da utilização de VPNs e de uma ewallet, muitos jogadores baseados no Qatar conseguiram contornar as leis e restrições impostas pelo governo. Embora a punição no jogo online seja geralmente mais branda do que o jogo em público, seria ainda uma melhor ideia apostar e fazer uso de ofertas como o betano codigo promocional antes de qualquer turista entrar no país.

2. Leis sobre o álcool

Depois dos inquilinos islâmicos, mais uma vez, a venda de álcool será regulamentada em todo o país. Esta é uma decisão que tem sido um ponto controverso depois de a FIFA e o país terem feito uma inversão de marcha decisiva na proibição da venda e consumo de álcool dentro e em redor dos estádios, depois de se ter prometido que o álcool seria disponibilizado durante os jogos. Contudo, as leis sobre o álcool serão aplicadas de forma mais clemente, sendo a venda de álcool e o seu consumo permitido apenas em bares e restaurantes licenciados. Qualquer viajante deve ter em mente que ainda existe uma política de tolerância zero para qualquer embriaguez pública, a FIFA e outras autoridades criaram várias “zonas sóbrias”, em resultado disto. Estas zonas pretendem dar aos adeptos um lugar de sóbrio a fim de evitar problemas com as autoridades do Qatar.

3. Direitos lGBTQ+

Com a FIFA a empreender mais uma volta em massa e a proibir o uso de braçadeiras como demonstração de consolidação com a comunidade LQBTQ+, o tratamento de comportamentos sexuais alternativos por parte dos países foi colocado sob escrutínio maciço do público. Em regra, a actividade sexual do mesmo sexo é criminalizada no Qatar e punida com pena de prisão, apesar disso tem havido um ligeiro aumento da tolerância em relação à comunidade LQBTQ+ em preparação para o influxo do turismo. Foi concedido aos hotéis o direito de vender quartos a coabitantes do mesmo sexo e o governo do Qatar comprometeu-se a flexibilizar as suas políticas punindo as demonstrações públicas de afecto. Apesar disso, continua a existir uma área cinzenta preocupante nas políticas relativas aos direitos LGBTQ+ no país, que todos os que viajam para assistir à Taça do Mundo devem ser sensibilizados para o facto.

Mesmo à luz de toda a controvérsia em torno do Campeonato do Mundo deste ano, continua a existir a oportunidade de os turistas desfrutarem da sua visita ao Qatar e da sua experiência do Campeonato do Mundo. Embora os fãs tenham de ser um pouco mais cuidadosos com o seu comportamento ao longo dos anos anteriores do torneio, com um pouco de precaução a Taça do Mundo ainda pode proporcionar uma experiência igualmente agradável para os turistas. Com o calendário para as fases de grupos do torneio a chegar ao fim no dia 2 de Dezembro, espera-se que a qualidade do futebol aumente à medida que as equipas se aproximam das eliminatórias e das finais.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

ÚLTIMAS

MAIS LIDAS