Domingo, Junho 16, 2024
15.1 C
Braga
RegiãoVila VerdeVila Verde: Centro Social do Vale do Homem aumenta salário mínimo para...

Vila Verde: Centro Social do Vale do Homem aumenta salário mínimo para 810 euros

© Centro Social Vale do Homem

O Centro Social Vale do Homem, estrutura residencial para pessoas idosas e serviço de apoio ao domicílio de Vila Verde, aumentou o salário dos seus trabalhadores para 810 euros.

No total dos 200 profissionais, 150 beneficiarão diretamente desta nova política remuneratória implementada na perspetiva de “incentivo, valorização e melhoria das condições de vida dos trabalhadores”.

Para Jorge Pereira, presidente do Centro Social Vale do Homem, “o salário mínimo desta instituição já se encontrava acima do fixado a nível nacional e o nosso objetivo sempre foi trabalhar na perspetiva de conseguirmos bons resultados – ao nível do zelo dos edifícios e bens, bem como minimizar desperdícios – para que isso também se refletisse em novas atualizações salariais. Como conseguimos atingir, em conjunto, bons indicadores, tínhamos de cumprir o prometido e é já, no próximo dia 1 de julho, que haverá um novo aumento salarial”.

“O salário justo, ou seja, compensar justamente o trabalho efetuado, é um lema que não pode ser apenas teórico, deve ser respeitado também na prática, quando assim é possível. Esta atualização salarial é uma medida que acompanha a preocupação que temos com todos os trabalhadores, principalmente numa época de conjuntura nacional mais complexa, minimizando-se assim o impacto da perda do poder de compra e o aumento generalizado do preços”, acrescentou.

Para a Direção do Centro Social Vale do Homem, “este é um tema prioritário e essencial, uma vez que o quadro salarial das Instituições Particulares de Solidariedade Social (IPSS) reflete-se, a nível nacional, em baixos salários, mas também porque se afigura como um incentivo e responsabilização de todos os trabalhadores na prossecução de boas práticas, numa atividade de extremo zelo, por se tratar de prestar serviços e cuidados a utentes mais frágeis”.

Assim, dos 150 trabalhadores que passarão a ter o seu salário aumentado, 90 auxiliares de ação direta de 3.ª passam para 810 euros mensais; 40 auxiliares de ação direta de 2.ª passam para 820 euros mensais e 20 licenciados passam a auferir um salário mensal de 1.000 euros. Os restantes 50 profissionais, encontram-se em níveis já superiores na tabela remuneratória por integrarem carreiras médicas e de enfermagem, bem como de direção.

O Centro Social do Vale do Homem atua na área social, saúde, saúde mental e cultural, com as respostas de Estrutura Residencial para Pessoas Idosas (ERPI), Serviço de Apoio Domiciliário (SAD), Vale do Homem com Saúde (VHS) e Lar e Centro de Dia para Pessoas com Alzheimer e outras Demências.

PARTILHE A NOTÍCIA

LEIA TAMBÉM

PUBLICIDADE

NEWSLETTER

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

REPORTAGEM

POPULARES