Solários em risco de fechar portas
Segunda-feira , Setembro 21 2020 Periodicidade Diária nº 2581
Principal / País / Solários em risco de fechar portas

Solários em risco de fechar portas

O setor de atividade do bronzeamento artificial encontra-se em risco de fechar portas devido às medidas tomadas pelo Governo.

De acordo com André Araújo, presidente da Associação Nacional dos Profissionais de Solário, estas medidas “não são suficientes para assegurar a sobrevivência das empresas e a manutenção de muitos dos cerca de 1.200 postos de trabalho nesta área”.

Segundo os dados da Associação, estima-se que já estejam extintos cerca de 20% a 30% de postos de trabalho, causados pelo encerramento durante o Estado de Emergência. Sem data prevista para a reabertura, os associados encontam-se #desesperados e desolados, com a possibilidade de encerramento do seu negócio”.

André Araújo diz não compreender as limitações a este setor, uma vez que outras áreas de beleza foram incluídas no plano de desconfinamento e por terem sido integrados “a generalidade dos associados que se encontram em situação económica e financeira extremamente precária e fragilizada”.

O presidente referiu que reuniu-se com o Gabinete do Secretário do Comércio, Serviços e Defesa do Consumidor e que se sente “descriminado” por não haver uma data de reabertura para o setor. “Estamos a ser descriminados em relação aos demais setores que já se encontram em funcionamento, tais como cabeleireiros, institutos de beleza, tatuagens, ginásios, entre outros. Portugal é caso único na Europa”, finalizou André Araújo.

Em tempos de crise, o apoio dos nossos leitores é fundamental para garantir que a Braga TV continue a ser um canal de informação de referência na região. Apoie aqui.