Quinta-feira, Dezembro 1, 2022
7.5 C
Braga
InícioAtualidadeSindicato acusa ACES do Minho de tentar impedir enfermeiros de aderirem à...

Sindicato acusa ACES do Minho de tentar impedir enfermeiros de aderirem à greve

© Sindicato dos Enfermeiros Portugueses

O Sindicato dos Enfermeiros Portugueses está a acusar a ACES da região do Minho de tentar impedir os enfermeiros de aderirem à greve que decorre nos dias 17, 18, 22 e 23 de novembro.

Em comunicado enviado à Braga TV, os membros do sindicato referem que foram “informados por vários enfermeiros a exercer funções em diferentes unidades funcionais dos centros de saúde da região do Minho que haverá coordenadores de ACES a veicular junto dos profissionais de enfermagem que não podem aderir à greve por não existir pré-aviso de greve”.

Pedro Gonçalves da SEP Minho salienta que “o pré-aviso foi emitido nos prazos legais e a sua difusão é da responsabilidade do Ministério da Saúde e/ou ARS Norte. A greve é um direito dos trabalhadores e qualquer intenção de impedir que esse direito seja exercido dever ser considerado como abusivo. É imperioso que o Ministério da Saúde/ARS Norte de imediato clarifiquem junto dos referidos coordenadores que a atitude que estão a desenvolver junto dos enfermeiros não é legal e, em última análise, instaurarem um processo disciplinar”.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

ÚLTIMAS

MAIS LIDAS