Quinta-feira, Junho 20, 2024
20.6 C
Braga
BragaSemana Santa de Braga volta a engrandecer a cidade com fé e...

Semana Santa de Braga volta a engrandecer a cidade com fé e cultura

© Sandra Catarina Antunes

A cidade de Braga volta a reviver as celebrações da Semana Santa de 2 a 9 de abril. O programa das solenidades foi apresentado esta terça-feira e contará com um vasto calendário religioso e cultural, esperando a visita de cerca de 100 mil pessoas.

Daniel Vilaça, presidente da Associação Empresarial de Braga, realçou a importância deste evento religioso na economia na cidade e na região. “Nos anos anteriores à pandemia, foi desenvolvido um estudo sobre o impacto económico da Semana Santa de Braga, tendo chegado à estimativa que apontaram para um número de visitantes na ordem dos 60 a 70 mil pessoas, dos quais mais de 20 mil pernoitaram na cidade. Estimou-se, ainda, que cada visitante tenha realizado uma despesa média de 80 euros, perfazendo um valor total de despesa de cerca de 5 milhões de euros. Além deste impacto direto da Semana Santa na economia bracarense, há que ter ainda em conta os impactos indiretos nas várias atividades do comércio e serviços da nossa região e cidade, tendo-se estimado impactos globais no valor de negócios das empresas na ordem dos 7 a 8 milhões de euros”, explicou Daniel Vilaça.

Já Marco Sousa, diretor-operacional do Turismo Porto e Norte, frisou que a meta deste ano é ultrapassar os números registados dos anos anteriores e que os turistas possam desfrutar de mais dias na cidade. “Os números aqui apresentados são bons e a meta deste ano será crescer ainda mais. Queremos mais turistas e, acima de tudo, queremos crescer em valor. Queremos que os turistas fiquem aqui mais tempo na cidade de Braga e que gastem mais dinheiro. Este programa foi elaborado também neste sentido para que as pessoas fiquem mais tempo porque a média de pernoitar na Semana Santa não chega às três noites e o programa é bem extenso durante toda a semana”, sustentou.

Por sua vez, Ricardo Rio, presidente da Câmara Municipal de Braga, salientou que a Semana Santa é uma iniciativa religiosa mas que ao longo dos anos tem vindo a ganhar protagonismo do ponto de vista cultural, ficando cada vez mais rica e diversificada. “Um dos objetivos é criar condições de atratividade e de fixação dos visitantes ao logo de toda a Semana Santa para gerar um grande impacto económico”, disse o autarca.

Cónego Avelino Marques Amorim, presidente da Comissão da Semana Santa de Braga, falou que este programa só é possível através de parcerias e colaboração da comunidade. “A Quaresma, a Semana Santa e a Páscoa de Braga assumem uma importância já reconhecida para a cidade e para a região. Temos um programa que só é possível com o contributo e empenho de todas as instituições promotoras dos parceiros que nos apoiam e da participação de tantas pessoas que nos oferecem a sua colaboração”, finalizou.

Além das procissões e celebrações religiosas, o programa da Semana Santa de Braga irá oferecer concertos, exposições, oficinas artísticas e animação de rua.

As ações da Quaresma e das Solenidades da Semana Santa de Braga são organizadas pela Comissão constituída pelo Cabido da Sé de Braga, Santa Casa da Misericórdia de Braga, Irmandade de Santa Cruz, Câmara Municipal de Braga, Entidade de Turismo do Porto e Norte de Portugal, Associação Empresarial de Braga e pela Junta de Freguesia de São Victor.

O programa completo das celebrações da Semana Santa de Braga pode ser consultado aqui.

PARTILHE A NOTÍCIA

LEIA TAMBÉM

PUBLICIDADE

NEWSLETTER

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

REPORTAGEM

POPULARES