Sábado, Outubro 23, 2021
16.2 C
Braga
InícioBragaRicardo Rio assina Pacto de Autarcas para execução do Acordo Verde Europeu

Ricardo Rio assina Pacto de Autarcas para execução do Acordo Verde Europeu

CM Braga

Ricardo Rio, presidente da Câmara Municipal de Braga, é um dos 30 autarcas europeus subscritores do Pacto de Autarcas para a implementação do Acordo Verde Europeu a nível local. Através desta nova aliança, criada no âmbito da rede Eurocities, os autarcas defendem que “é tempo de a Europa cumprir as metas definidas no que diz respeito às alterações climáticas e à transição para as energias limpas”.

Para Ricardo Rio, os autarcas e líderes locais desempenham “um papel muito importante na implementação do Acordo Verde Europeu”. “Como embaixadores do Acordo Verde Europeu a nível local, os autarcas são representantes das preocupações, das necessidades e dos interesses das pessoas”, afirmou, lembrando a importância da sustentabilidade para o futuro das cidades e para a qualidade de vida das populações.

O autarca de Braga salienta que, a nível local, as cidades estão a tomar “medidas firmes para reduzir o consumo de energia e a poluição do ar, promover a mobilidade urbana sustentável, impulsionar a transformação digital e a economia circular”. “Em Braga estamos muito empenhados em fazer progressos nesta área e temos conseguido incorporar os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) em todas as áreas de actuação municipal. O maior desafio passa por mobilizar as instituições e os cidadãos para o cumprimento das metas traçadas”, frisou.

A par de Braga, o pacto conta com a participação dos autarcas de Barcelona, Atenas, Bratislava, Budapeste, Dublin, Dortmund, Florença, Roterdão, Estocolmo, Madrid ou Nantes.

Através deste pacto, os 30 autarcas europeus defendem, entre outras matérias, a eliminação progressiva dos veículos movidos a combustível fóssil até 2035 e que se alinhem as metas de emissões de CO2 dos veículos com o objetivo da UE para 2050 de neutralidade de carbono. Ao mesmo tempo, exigem o aumento da implantação de combustíveis alternativos e infraestruturas de carregamento para veículos de acordo com as necessidades de cada uma das cidades.

Por outro lado, o Pacto de Autarcas exige que sejam realinhadas as metas de energia renovável com a nova meta de redução de emissões para 2030 e se capacite as cidades e comunidades locais a produzir e consumir localmente.

Apoie a Braga TV

A Braga TV precisa do seu contributo, caro leitor.

Contribua com o seu donativo para que possamos continuar a dar informação aos nossos leitores.

Apoie aqui.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

ÚLTIMAS

MAIS LIDAS