Sábado, Outubro 16, 2021
18.3 C
Braga
InícioRegiãoEsposendeProjeto de cuidadores informais de Esposende distinguido com selo de mérito

Projeto de cuidadores informais de Esposende distinguido com selo de mérito

CM Esposende

O Município de Esposende está entre as 24 autarquias nacionais, reconhecidas pelo cumprimento dos critérios definidos pelo projeto do Movimento Cuidar dos Cuidadores Informais e, assim, irá receber um Selo de Mérito. A primeira edição da Rede de Autarquias que Cuidam dos Cuidadores Informais (RACCI) recebeu 50 candidaturas.

Esta iniciativa pretende reconhecer os municípios e as freguesias do território nacional português com as melhores práticas e as medidas de apoio em benefício dos cuidadores informais. Destas, foram reconhecidas 24 que se destacam, de acordo com os representantes das associações que compõem o Movimento e que as avaliaram.

Segundo a avaliação, estas autarquias locais implementaram iniciativas que dão resposta às necessidades por satisfazer dos cuidadores informais. Necessidades que, de acordo com o inquérito feito pelo Movimento, vão desde a falta de apoio emocional/psicológico (64,6%), apoios relacionados com o Estado (59,1%), apoios financeiros (51,8%), até à necessidade de receber formação específica em algum aspeto do processo de cuidar (41,2%).

O projeto Cuidar de Quem Cuida (CQC) arrancou, em Esposende, no dia 5 de novembro de 2020, Dia Mundial do Cuidador Informal e visa a promoção de respostas de apoio especializado aos cuidadores informais de pessoas com demência ou em situação de pós-AVC.

Em Esposende, os cuidadores informais dispõem de informação e aconselhamento, grupos psicoeducativos e apoio psicológico, podendo para o efeito, contactar os serviços presencialmente na Divisão da Coesão e Desenvolvimento Social, através do 937630860 ou do e-mail [email protected].

Este projeto insere-se também no contexto do contributo que Esposende pretende dar ao cumprimento dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS).

Apoie a Braga TV

A Braga TV precisa do seu contributo, caro leitor.

Contribua com o seu donativo para que possamos continuar a dar informação aos nossos leitores.

Apoie aqui.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

ÚLTIMAS

MAIS LIDAS