Sábado, Agosto 13, 2022
16.7 C
Braga
InícioRegiãoPóvoa de LanhosoPóvoa de Lanhoso instalou estátua da Maria da Fonte em Fontarcada

Póvoa de Lanhoso instalou estátua da Maria da Fonte em Fontarcada

© CM Póvoa de Lanhoso

O dia 29 de maio de 2022 será para sempre lembrado como a data em que a Câmara Municipal da Póvoa de Lanhoso, honrando as raízes do concelho, instalou a primitiva estátua da Maria da Fonte na freguesia de Fontarcada, devolvendo-a à fruição da comunidade.

“Decidiu este Executivo dar a esta estátua a dignidade que ela merece e dar a dignidade merecida a esta estátua é ter três atos de respeito. O primeiro é ter respeito por quem a idealizou e por quem trabalhou por ela. Aqui poderia referir muitas pessoas, mas quero referir o falecido Joaquim Cruz, que fez um trabalho fantástico, nesse tempo, na recolha de contributos de todos aqueles que quiseram ajudar esta causa”, referiu o presidente da Câmara Municipal, Frederico Castro, na sua intervenção, após uma extensa lista de cumprimentos.

“Mas é também um ato de respeito pela população de Fontarcada, porque esta estátua esteve – e sei que essa é uma opinião consensual – demasiados anos escondida e ‘arrumada’. Não é responsabilidade de ninguém, nem é culpa de ninguém. Tem a ver com as circunstâncias e com os factos. Com o passar do tempo, foi ficando cada vez mais apurada, nos responsáveis políticos deste mandato e do mandato anterior, a necessidade de darmos a esta estátua a visibilidade e a dignidade que ela de facto merece”, explicou ainda o autarca.

Para Frederico Castro, o terceiro ato de respeito “é o respeito pela nossa memória coletiva, porque honrar a história da Maria da Fonte, honrar aquilo que simbolicamente a Maria da Fonte representa na nossa comunidade é honrar as nossas raízes e nada melhor que honrar as nossas raízes instalando a estátua da Maria da Fonte aqui em Fontarcada, e aqui neste espaço, porque foi neste espaço que tudo aconteceu”, considerou.

Destacando o trabalho realizado pela anterior e pela atual Junta de Freguesia, Frederico Castro concluiu, de entre outras considerações, que “é com gestos como estes que honramos a nossa terra e que defendemos o adn dos povoenses – adn, de resistência, de força, de coragem e de determinação”.

Ao som do hino da Maria da Fonte, o edil e a presidente de Junta, Clarisse Vieira, descerraram as placas evocativas. O momento contou ainda com as presenças, de entre outras, dos vereadores Paulo Gago e Ricardo Alves e do presidente da Assembleia Municipal, António Queirós. Referência ainda para as presenças da D. Isméria e da D. Arminda, símbolos de determinação e dedicação.

A estátua, da autoria de Jorge Ulisses, está agora colocada na avenida de acesso à Igreja Românica de Fontarcada.

A cerimónia contou ainda com as atuações da Banda Musical de Calvos e do Rancho Folclórico Maria da Fonte. O programa para este dia ficou completo com a exibição, no Salão Paroquial, da curta-metragem “Inquietação”, resultado final do projeto Cultura.In, que relata um dos episódios da Revolta da Maria da Fonte, tão estreitamente ligada a Fontarcada.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

ÚLTIMAS

MAIS LIDAS