Sábado, Julho 20, 2024
19.5 C
Braga
DesportoAtletismoPortugal conquista seis medalhas na abertura dos Europeus VIRTUS

Portugal conquista seis medalhas na abertura dos Europeus VIRTUS

Seleção lusa venceu duas medalhas de ouro, duas de prata e duas de bronze.

© Federação Portuguesa de Atletismo

Portugal começou da melhor forma a sua participação nos Campeonatos da Europa VIRTUS, que se realizam em Uppsala, na Suécia, até 15 de junho, ao vencer seis medalhas, duas de ouro, duas de prata e duas de bronze.

Igor Oliveira sagrou-se campeão da Europa VIRTUS nos 100 metros, com a marca de 10s81′. Outro também para Sandro Baessa, nos 1500 metros, com o tempo de 3m56s22′. Na mesma prova Cristiano Pereira e Cristiano Silva Pereira classificaram-se na quinta e sétima posições, respetivamente.

“Estou muito feliz com este resultado. Fiz nos 1500 metros uma abordagem diferente do que a que fiz no Japão, nos mundiais, e consegui uma boa marca. Na estafeta correu bem, fizemos boas transmissões e o resultado foi bom”, disse, no final, Sandro Baessa, que além do ouro nos 1500 metros integrou a estafeta de 4×100 metros que conquistou o bronze, com a marca de 46s77′, e que foi composta também por Tiago Ramos, Igor Oliveira e Cristiano Silva Pereira.

Já o outro campeão da Europa, mas nos 100 metros, e que também integrou esta estafeta, Igor Oliveira, mostrou-se “extremamente feliz, apesar de notar o facto de a pista ser bastante ventosa”, dedicando esta vitória à sua treinadora, Anabela Leite, e à sua mãe.

As medalhas de prata foram conquistadas por, respetivamente, Tiago Ramos, no dardo, naquela que foi a sua estreia nestes campeonatos, com a marca de 54,96 metros; e por Ana Filipe, no triplo-salto, com a marca de 11,33 metros.

De bronze foi ainda a participação de Lenine Cunha, no triplo-salto, com a marca de 11,85 metros, atleta que se lesionou e, por isso, não irá participar no heptatlo e não integrou a estafeta, como previsto inicialmente.

Neste primeiro dia competiram ainda Inês Fernandes, 4.ª classificada, no lançamento do martelo, com a marca de 35,73 metros; e Paulo Benavente, que terminou os 10 000 metros em 6.º lugar, com a marca de 34m56s30′.

Amanhã Ana Filipe é a primeira a entrar em ação, às 14h10, hora de Portugal, na final dos 100 metros barreiras.

PARTILHE A NOTÍCIA

LEIA TAMBÉM

PUBLICIDADE

NEWSLETTER

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

REPORTAGEM

POPULARES