Terça-feira, Agosto 9, 2022
20.3 C
Braga
InícioBragaParque das Camélias em Braga é laboratório vivo de adaptação às alterações...

Parque das Camélias em Braga é laboratório vivo de adaptação às alterações climáticas

© CM Braga

O presidente da Câmara Municipal de Braga, Ricardo Rio, visitou hoje o Parque das Camélias, um espaço renaturalizado que se apresenta como mais um pulmão para a cidade. Este anfiteatro natural veio alargar a rede de áreas verdes envolventes, onde já se incluem o Parque da Ponte, o Parque do Picoto e a Ecovia do Rio Este.

Com uma área verde reforçada, novos percursos pedonais, miradouros, zonas de lazer e merendas para a fruição da comunidade, o Parque das Camélias é, igualmente, um laboratório vivo de experimentação de soluções de adaptação às alterações climáticas em meio urbano, estando inserido na Estratégia Municipal de Adaptação às Alterações Climáticas (EMAAC).

Para Ricardo Rio, o Parque das Camélias “é apenas um dos exemplos do trabalho que a Autarquia tem desenvolvido em matéria de adaptação às alterações climáticas e cuja estratégia tem sido reconhecida internacionalmente”.

No Parque das Camélias é feita uma gestão sustentável da água, com a recuperação de um tanque e utilização de águas pluviais para a rega e para a limpeza urbana da área envolvente. Foram plantadas cerca de 190 árvores e 600 arbustos, priorizando as espécies nativas, enquanto os passeios foram construídos com pavimentos permeáveis que facilitam a drenagem pluvial.

O espaço, que representou um investimento de cerca de 340 mil euros, cofinanciado pelo Programa Operacional de Sustentabilidade e Eficiência no Uso de Recursos (POSEUR), inclui ainda um parque canino e um parque infantil totalmente renovado.

Parque de campismo com condições de excelência 

Acompanhado pela vice-presidente da Câmara Municipal e pelo vereador do Ambiente, Ricardo Rio visitou ainda o Parque de Campismo, “uma infraestrutura cinco estrelas, que está entre as melhores à escala internacional e cujas valências são verdadeiramente diferenciadoras”.

No âmbito da estratégia de requalificação e modernização do Parque de Campismo, a Autarquia procedeu à modernização das estruturas de apoio, dotando-as de melhores condições tanto para os visitantes como para os funcionários.

A par da ampliação das instalações sanitárias e dos balneários, procedeu-se à criação de uma zona de lavagem e secagem de roupa e engomaria, uma cozinha totalmente equipada com fornos, placas vitrocerâmicas e frigoríficos, churrasqueiras, zona de jogos e salas de apoio.

Com esta intervenção, o espaço está agora dotado de condições de excelência ao nível dos padrões de qualidade e conforto, cumprindo os parâmetros atuais de higiene e segurança.

A intervenção foi financiada pelo NORTE2020, no âmbito de Ações de Qualificação dos Produtos Turísticos Estratégicos do Minho, previstas nas Estratégias de Eficiência Coletiva PROVERE do MINHO INOVAÇÃO, representando um investimento de 562 mil euros e uma comparticipação de 46,22%.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

ÚLTIMAS

MAIS LIDAS