Terça-feira, Maio 11, 2021
12.2 C
Braga
InícioBragaParagem de autocarro em Braga em estado avançado de degradação

Paragem de autocarro em Braga em estado avançado de degradação

Carlos Dobreira

A paragem de autocarro na Avenida do Cávado, na freguesia de Palmeira, em Braga, encontra-se em estado avançado de degradação. O alerta foi dado por Carlos Dobreira, ativista bracarense, que encontrou o abrigo sem condições de uso.

Além do estado de degradação, o bracarense encontrou lixo espalhado no banco e no chão, impossibilitando a utilização desta paragem por parte dos passageiros dos TUB. “No sábado de manhã, na ocasião de prática de exercício físico, fui surpreendido com o estado vergonhoso de uma paragem de autocarro, frente à empresa Serralharia Artur. A paragem está pejada de garrafas de vidro, plásticos, jornais e lixo indiferenciado. O abrigo está sem manutenção, sujeitando as pessoas idosas, estudantes e famílias a esperarem pelos autocarros ao frio e à chuva. Os bancos estão sujos e não é possível a sua utilização por parte dos utentes”, denunciou Carlos Dobreira.

O ambientalista ficou também indignado com o aviso que se encontra no mesmo abrigo a informar os passageiros que pretendem ir a Braga, para aguardar pelos transportes do lado oposto da rua.

Carlos Dobreira

“Por fim, li um aviso surreal e sem data sobre o percurso dos autocarros dos TUB. O aviso diz o seguinte: ‘Os autocarros dos TUB só estão a efetuar o trajeto para baixo, ou seja, não passam para cima deste lado da paragem. Por isso, se deseja ir para Braga, vá para o outro lado da paragem, pois eles vêm para baixo, dão a volta na rotunda e vão por Merelim e depois Braga’. Considero o exposto uma falta de respeito para com a população de Palmeira, em particular o estado da paragem de autocarros”, finalizou o ativista.

Apoie o jornalismo.

A Braga TV é um canal de informação independente. Todas as notícias e conteúdos são e continuarão a ser disponibilizados gratuitamente.

Para continuar a oferecer um serviço de informação de referência na região, precisamos do apoio dos nossos leitores para continuar a desempenhar o nosso papel de informar.

Precisamos do seu contributo, caro leitor.

Apoie aqui.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

ÚLTIMAS

MAIS LIDAS