Pais exigem retirada de contentores de rastreio à Covid-19 junto a zona escolar em Braga
Quinta-feira , Outubro 22 2020 Periodicidade Diária nº 2612
Principal / Braga / Pais exigem retirada de contentores de rastreio à Covid-19 junto a zona escolar em Braga

Pais exigem retirada de contentores de rastreio à Covid-19 junto a zona escolar em Braga

A instalação de contentores da Unidade de Rastreio de testes à Covid-19, localizados no parque de estacionamento, frente à Unidade de Saúde do Carandá, em Braga, está a ser contestada pelos encarregados de educação dos alunos que frequentam os estabelecimentos de ensino nas imediações.

O Município de Braga procedeu à deslocalização dos contentores há cerca de duas semanas, dentro do mesmo parque, para permitir a livre circulação de pessoas, mas os encarregados de educação discordam  da decisão e exigem a retirada dos mesmos.

Teresa Leite, mãe de uma aluna, contou que os encarregados de educação já denunciaram a situação desde que os contentores foram deslocados. “Os pais costumam estacionar neste parque de estacionamento para levar e buscar os filhos às escolas. Há crianças que têm aulas na EB1 e vão pelo passeio até ao Conservatório Bonfim e passam pelos contentores. Fala-se apenas da preocupação com os ajuntamentos nos cafés e restaurantes perto das escolas e ninguém fala da preocupação dos encarregados de educação, que já têm vindo a denunciar esta situação”, lamentou.

Os contentores da Unidade de Rastreio de testes à Covid-19 foram instalados no parque de estacionamento no início da pandemia, local onde existem três estabelecimentos de ensino nas imediações, o Conservatório Bonfim, com entrada por este parque de estacionamento, a EB1 do Carandá e a EB2,3 André Soares. Além destes estabelecimentos escolares, também a escola de dança Arte Total e o grupo de teatro Tin.bra localizam-se nas imediações do Conservatório Bonfim.