Quarta-feira, Dezembro 7, 2022
14.4 C
Braga
InícioBragaOrçamento Participativo de Braga regressa após paragem devido à pandemia

Orçamento Participativo de Braga regressa após paragem devido à pandemia

© CM Braga

Após um período de interregno devido à pandemia, o Orçamento Participativo de Braga está de regresso. As normas aplicáveis a esta edição serão analisadas na próxima reunião do Executivo Municipal, que terá lugar amanhã.

Podem participar no Orçamento Participativo todos os cidadãos com idade igual ou superior a 16 anos, que estejam recenseados no concelho de Braga, ou que comprovadamente residam, estudem ou trabalhem em Braga, e que se inscrevam no Portal.

O Orçamento Participativo de Braga decorrerá entre o mês de novembro de 2022 e abril de 2023. O valor previsto é de 650 mil euros, sendo o montante máximo de cada proposta a apresentar pelos cidadãos de 85 mil euros, e abarca a totalidade das áreas de competência da Câmara Municipal de Braga.

Assim, as propostas apresentadas devem enquadrar-se nas seguintes áreas temáticas: acção social, coesão e solidariedade; ambiente, alterações climáticas, energia e bem-estar animal; cultura, artes e património; desenvolvimento económico, emprego, comércio e turismo; desporto, saúde e bem-estar; educação, ensino e formação; equipamentos, espaço público e espaços verdes; igualdade, integração e interculturalidade; infra-estruturas, mobilidade, trânsito, segurança e protecção civil; juventude, cidadania e participação; sustentabilidade, inovação e conhecimento; urbanismo e regeneração urbana.

São vencedores os projetos que sejam mais votados pelos cidadãos até ao limite do valor previsto e que reúnam os requisitos dispostos nas Normas. O Orçamento Participativo de Braga pretende promover a participação ativa, informada e construtiva dos munícipes e envolvê-los nos processos de governança local. Ao mesmo tempo, permite adequar as políticas públicas municipais às necessidades e expectativas dos cidadãos, fomentando uma sociedade civil dinâmica, forte e coesa, e melhorando a qualidade de vida no concelho.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

ÚLTIMAS

MAIS LIDAS