Sexta-feira, Março 1, 2024
6.7 C
Braga
InícioCultura"O Abafador" vence prémio principal do Ymotion 2023 em noite de homenagem...

“O Abafador” vence prémio principal do Ymotion 2023 em noite de homenagem a Maria de Medeiros

Maria de Medeiros © CM Famalicão

A curta-metragem “O Abafador” (2023), de Silvana Torricella, em torno do tema da eutanásia, foi a grande vencedora da competição do Ymotion 2023.

A sessão de encerramento da 9.ª edição do Festival de Cinema Jovem de Vila Nova de Famalicão aconteceu no passado sábado, na Fundação Cupertino de Miranda, numa noite que também fica marcada pela homenagem, com ovação de pé, a Maria de Medeiros.

“Já vinha muito emocionada. É muito bonito quando se lembram de celebrar o nosso trabalho”, comentou a atriz e realizadora portuguesa, Maria de Medeiros, acerca da homenagem feita no festival Ymotion. A artista destacou que o facto de ter acontecido num festival dedicado ao cinema jovem e a jovens realizadores teve “um significado especial” e que “vê-se a dimensão de criatividade e de poesia que há nestas novas gerações”, comentou, ainda, sobre as obras vencedoras.

“Temos verificado cada vez mais qualidade e criatividade nas curtas-metragens apresentadas a concurso”, referiu a vereadora da Juventude da Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão, Luísa Azevedo. “O Ymotion tem servido de alavanca ao trabalho de jovens promessas do cinema nacional e, acima de tudo, tem permitido estreitar laços entre os jovens e a indústria cinematográfica. É uma iniciativa que os incentiva a manter o seu sonho vivo nesta área profissional tão desafiante”, sustentou.

A sessão de encerramento da 9.ª edição do Ymotion começou com a projeção da curta-metragem “The Voyager” (2017), de João Gonzalez, que sonorizou, ao vivo, a obra.

Seguiu-se a entrega do primeiro prémio do festival, o Prémio do Público, atribuído a “Icarus” (2023), de Nuno Mina, e, logo depois, o prémio Melhor Fotografia a “Capa de Honras – La Cuonta de I Garotico i I Bielho” (2023), de Rui Falcão, que também venceu o prémio Melhor Argumento.

“Flor de Laranjeira” (2023), de Rúben Sevivas, foi considerado o Melhor Documentário e “O Senhor do Porto” (2023), de Tânia Marques, a Melhor Animação.

O prémio Escolas Secundárias foi entregue a Isa Sousa, pela obra “Madrugada” (2023), e o de Melhor Representação foi conquistado por Inês Sá Frias, pela sua interpretação em “Só Nós Dois” (2023), de Carolina Aguiar.

Para além dos prémios da competição, também foram atribuídas menções honrosas a dois projetos de jovens famalicenses – “Art’Oculta” (2023), de Mariana Silva, e “A Mil Cartas de Distância” (2023), de Andreia Correia –, bem como à performance da atriz Maria Leite em “O Abafador” (2023).

A semana principal da 9.ª edição do Ymotion decorreu de 29 de novembro a 2 de dezembro, sendo que a sessão de encerramento do festival foi o culminar de quatro dias de sessões competitivas e momentos temáticos ligados à sétima arte, com a presença de caras bem conhecidas do público português como: Rui Reininho, Valter Hugo Mãe, Carla Chambel e Paula Lobo Antunes.

O Ymotion – Festival de Cinema Jovem de Famalicão é uma iniciativa promovida pelo Município de Vila Nova de Famalicão, através do pelouro da Juventude, desde 2015, que tem dado palco ao trabalho de jovens cineastas portugueses, dos 12 aos 35 anos, e permitido estreitar laços entre instituições de ensino, estudantes e a indústria da sétima arte.

LEIA TAMBÉM

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

REPORTAGEM

POPULARES