Quarta-feira, Dezembro 8, 2021
7.3 C
Braga
InícioRegiãoPóvoa de LanhosoNovos órgãos autárquicos da Póvoa de Lanhoso tomaram posse

Novos órgãos autárquicos da Póvoa de Lanhoso tomaram posse

© CM Póvoa de Lanhoso

“É para todos e com todos que vamos trabalhar”. Estas são palavras proferidas por Frederico Castro, na sua primeira intervenção enquanto presidente da Câmara Municipal da Póvoa de Lanhoso.

Num discurso marcado por ideias como mudança, persistência, resiliência, e na presença do ministro das Infraestruturas, Pedro Nuno Santos, o autarca povoense reiterou ainda o compromisso de que, “daqui por quatro anos, a via circular urbana terá de ser uma realidade na Póvoa de Lanhoso”.

Frederico Castro falava na cerimónia de tomada de posse dos órgãos autárquicos do município para o quadriénio 2021-2025, na noite de 18 de outubro.

Eleito pelo PS, assegurou que “a mudança a que vamos dar corpo, ao longo dos próximos quatro anos, vai trazer igualdade, justiça e liberdade de ação e de opinião para todos os Povoenses”. Aos presidentes de Junta deixou uma garantia de cooperação institucional e o seu compromisso pessoal de com todos colaborar. “Devemos respeitar as populações a sua vontade. Portanto, terão da Câmara Municipal e na equipa que lidero a vontade constante de procurar e de tentar encontrar soluções para as necessidades que vão surgir ao longo deste mandato”, considerou.

O presidente da Câmara Municipal garantiu também colaboração com a comunidade. “Às forças vivas do nosso concelho de cariz social, do mundo desportivo e associativo, do movimento religioso, da comunidade educativa, do setor da saúde, da função pública e do mundo empresarial, quero assegurar a nossa disponibilidade e vontade para estabelecer com todos uma cooperação estratégica no sentido de fazer da Póvoa de Lanhoso um concelho melhor, mais apetecível, onde os padrões de qualidade de vida sejam sempre progressivos”, referiu.

Trazer inovação aos serviços da autarquia e na relação com o munícipe; reforçar mecanismos de apoio às famílias mais carenciadas; e um compromisso total e transversal com políticas ambientalmente sustentáveis são algumas das linhas que irão orientar a atuação do novo Executivo Municipal.

Para Frederico Castro, é necessário uma autarquia “mais criativa”, capaz de entrar cada vez mais no radar regional e nacional em áreas como o turismo e a criação de eventos de dimensão relevante com impacto económico significativo na economia local.

“Associar visão e ação é transformador e pode mudar uma comunidade. E esse tempo chegou, finalmente, à Póvoa de Lanhoso. Mas queremos fazê-lo em conjunto com todos”, adiantou ainda o autarca, informando que o seu Executivo irá ouvir todos os partidos que se candidataram nas eleições de 26 de setembro, no que diz respeito ao direito de consulta prévia e ao direito de serem ouvidos sobre as propostas de Plano e Orçamento. “Asseguraremos esse direito não só aos partidos representados nos órgãos autárquicos como a lei indica, mas a todos os partidos que concorreram nestas eleições autárquicas – o Bloco de Esquerda, o PSD, a CDU, o CDS-PP, o Nós Cidadãos e o Chega”, sintetizou, de entre outras considerações.

A cerimónia de instalação dos novos órgãos realizou-se na Praça Eng. Armando Rodrigues, no centro da vila da Póvoa de Lanhoso, numa tenda devidamente preparada para o efeito e que esteve repleta.

Assembleia Municipal elegeu Presidente

Depois de o presidente cessante da Assembleia Municipal, João Duque, ter dado posse aos elementos da Câmara Municipal e da Assembleia Municipal (eleitos diretamente e por inerência), realizou-se a primeira sessão da Assembleia Municipal, já presidida pelo cidadão mais votado para aquele órgão a 26 de setembro. António Queirós foi posteriormente eleito presidente da Mesa da Assembleia Municipal, vencendo a lista apresentada pelo PSD.

A cerimónia iniciou com a declamação de um poema, por Lara Cave, e englobou as atuações de Joana Magalhães e Paulo Freitas, duas jovens promessas da Póvoa de Lanhoso, que interpretaram, já a encerrar a sessão, o Hino da Maria da Fonte.

Teste BTV

Apoie a Braga TV

A Braga TV precisa do seu contributo, caro leitor.

Contribua com o seu donativo para que possamos continuar a dar informação aos nossos leitores.

Apoie aqui.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

ÚLTIMAS

MAIS LIDAS