Quarta-feira, Outubro 20, 2021
19 C
Braga
InícioRegiãoGuimarãesMinistro da Economia destaca em Guimarães recuperação do setor têxtil

Ministro da Economia destaca em Guimarães recuperação do setor têxtil

CM Guimarães

Pedro Siza Vieira visitou, esta terça-feira, a empresa Lameirinho, em Guimarães, acompanhado pelo secretário de Estado da Economia, João Neves, e pelo presidente da Câmara Municipal, Domingos Bragança.

“Muito brevemente” serão anunciadas novidades sobre as moratórias às empresas dos setores mais afetados pela pandemia da Covid-19, garantiu o ministro da Economia, depois de uma visita à empresa Lameirinho, em Selho São Jorge.

No final da visita, Pedro Siza Vieira manifestou “uma expetativa muito grande em todos os setores” no que diz respeito à recuperação económica. Apontou “um crescimento muito grande na procura e uma recuperação muito grande na produção. Obviamente, durante o período da pandemia, tudo o que era produção mais orientada para o lar teve crescimento muito significativos e estamos numa empresa (Lameirinho) que é um exemplo disso. Tudo o que estava orientado para o exterior, como é o vestuário, naturalmente registou-se uma quebra de produção.

Pedro Siza Vieira garantiu a continuidade dos apoios pela parte do Governo, com destaque para o concurso das Agendas Mobilizadoras, para apoiar o investimento produtivo e a inovação empresarial.

“Temos de continuar a apoiar o crescimento nestes setores. A transformação da digitalização em curso tem de ser acelerada na indústria têxtil e vestuário, na sustentabilidade, no desenvolvimento de novos materiais e na internacionalização. Por isso, lançamos recentemente o último grande concurso do Portugal2020 para apoiar o investimento produtivo e inovação industrial. Estamos a publicar o aviso para o concurso das Agendas Mobilizadoras que vão convocar empresas deste setor para um incentivo ao investimento que está em 930 milhões de euros e pode ser incrementado em mais 2,3 milhões de euros em função da procura. Por outro lado, temos de continuar a apoiar as empresas mais afetadas pela pandemia na recuperação e digestão de um ano que foi muito difícil, nomeadamente no setor do vestuário com uma atenção particular para o fim das moratórias, nomeadamente nos segmentos do têxtil e vestuário”, referiu em Guimarães, o Ministro da Economia.

Apoie a Braga TV

A Braga TV precisa do seu contributo, caro leitor.

Contribua com o seu donativo para que possamos continuar a dar informação aos nossos leitores.

Apoie aqui.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

ÚLTIMAS

MAIS LIDAS