Domingo, Outubro 17, 2021
20 C
Braga
InícioRegiãoVila Nova de FamalicãoMário Passos tomou posse como presidente da Câmara de Famalicão

Mário Passos tomou posse como presidente da Câmara de Famalicão

© CM Famalicão

Mário Passos é o novo presidente da Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão. O edil tomou posse este domingo, na sessão da Assembleia Municipal que decorreu na Casa das Artes, sucedendo a Paulo Cunha, que exercia o cargo desde 2013.

A defesa da regionalização e da descentralização de competências, a reflexão sobre o posicionamento geográfico do território, cujas dinâmicas socioeconómicas pendem para a Grande Área Metropolitana do Porto, e a atenção aos três grandes temas da atualidade: transporte público, habitação e saúde, foram os pontos essenciais da sua primeira intervenção enquanto presidente da Câmara Municipal.

As ideias que se interligam na substância demonstram bem as dinâmicas que Mário Passos pretende incutir nos próximos quatro anos. “Aqui estamos hoje para assumir estes desafios sem receios. Apenas peço que nos deixem trabalhar e que nos atribuam condições para o fazer”, afirmou o autarca, referindo-se à descentralização de competências.

Mário Passos lembrou os três temas mais falados durante a campanha para as autárquicas “o transporte público, a habitação e a saúde” referindo que isso aconteceu porque em primeiro lugar “a Administração Central falhou na gestão equilibrada do território nestes domínios, que são da sua competência” e em segundo, “porque o país e os cidadãos, e bem, habituaram-se a ver no poder local a solução para os seus problemas concretos”.

Nesse sentido, o autarca defendeu “a regionalização ou outro mecanismo, desde que eficaz, substancial e acompanhado dos apoios necessários”, sublinhando que “vamos agarrar os problemas, que são para nós desafios, e não vamos descansar enquanto não lhes dermos uma resposta”.

Mário Passos aproveitou a cerimónia para lançar uma reflexão aos famalicenses sobre o enquadramento regional do território. “Sabemos que nossa vida comunitária pende sobretudo para a Grande Área Metropolitano do Porto. Estamos muito conectados a esta região do ponto de vista social e económico e esta ligação tende a crescer. O nosso enquadramento regional é uma reflexão que vale a pena fazer”, lançou o autarca.

Recordando os últimos anos, como sendo “de grande afirmação para Famalicão”, Mário Passos salvaguardou que vai “manter o rumo, enfrentando com coragem e determinação os desafios que o tempo e a atualidade pedem”.

A Assembleia Municipal de tomada de posse dos membros eleitos para a Câmara e Assembleia Municipal foi presidida pelo presidente da Assembleia reeleito, Nuno Melo. Na sessão foram empossados os 11 vereadores que compõem executivo municipal.

Para a Assembleia Municipal, tomaram posse cerca de 35 deputados eleitos: 20 da Coligação PSD/CDS-PP, 13 do PS, um do Chega e um da Coligação Democrática Unitária (CDU). Integraram também a mesma, os 34 Presidentes de Junta de Freguesia.

A sessão foi encerrada por Nuno Melo que afirmou que “a Assembleia Municipal é um órgão extraordinário. É um verdadeiro fórum democrático, aberto a todos os cidadãos, onde todos trabalham para o bem deste magnífico concelho. Tenho um enorme gosto e é um grande privilégio para mim em continuar a ser o presidente da mesa da Assembleia Municipal”.

A cerimónia ficou marcada pela intervenção aplaudida do presidente da Câmara Municipal de Famalicão cessante, Paulo Cunha.

Apoie a Braga TV

A Braga TV precisa do seu contributo, caro leitor.

Contribua com o seu donativo para que possamos continuar a dar informação aos nossos leitores.

Apoie aqui.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

ÚLTIMAS

MAIS LIDAS