Domingo, Junho 16, 2024
19 C
Braga
CulturaMaria Rueff e Joaquim Monchique apresentam “Lar Doce Lar” em Barcelos

Maria Rueff e Joaquim Monchique apresentam “Lar Doce Lar” em Barcelos

© Sara Santos

O mês de março leva ao Theatro Gil Vicente grandes nomes do panorama nacional. Maria Rueff e Joaquim Monchique apresentam em Barcelos “Lar Doce Lar”, espetáculo que os juntou pela primeira vez em palco.

Com o brilhantismo cómico, Maria Rueff e Joaquim Monchique desdobram-se em múltiplas personagens e levam-nos numa viagem atribulada e hilariante pelos quatro cantos deste doce lar. As sessões têm lugar nos dias 11 e 12 de março, às 21:30 e às 16:00, respetivamente.

Ainda no teatro, os mais novos podem assistir à peça “O meu avô consegue voar”, pela Companhia de Teatro e Marionetas de Mandrágora, no dia 5 de março, às 16:00, e, para comemorar o Dia do Pai, no dia 19 de março, a TAFA – Teatro A Flor de Aldriz traz “A Pirata João que perdeu o coração”. Para os mais pequeninos, entre os 9 e os 36 meses, Maria de Vasconcelos dedica-lhes o espetáculo “Met-AMOR-phose”, no dia 26 de março, com dose dupla: às 10:00 e às 11:30. Através da linguagem do teatro de objetos, da música, de ambientes sonoros e do teatro-dança, a atriz e criadora, inspirada no livro “A lagartinha muito comilona” de Eric Carle, sem recorrer à palavra, conta a história da metamorfose de uma lagarta numa borboleta.

Cinema e Música

No domínio musical, logo no início, no dia 2 de março, às 22:00, com uma carreira de mais de três décadas e estando sempre associado ao mundo do jazz, Mário Laginha apresenta-se em Barcelos num concerto a solo, inserido no Ciclo Jazz ao Largo. No dia seguinte, 3 de março, David Bruno traz ao palco do TGV “um concerto confortável e descomprometido para toda a gente dos 8 aos 80 desfrutar e sair da sala com o coração quente e um sorriso no rosto”. No sábado, 4 de março, Miguel Gizzas apresenta um cineconcerto baseado no seu trabalho literário “Lugar para dois”, finalista do prémio Leya 2018. Ainda na música, há lugar para o concerto “IPCA solidário – voltar a sonhar”, pela Tuna Feminina do IPCA, no dia 10 de março, e, no dia 17, os Gator, the Alligator voltam ao TGV com “Laminar Flow”, disco que encerra a trilogia de lançamentos iniciada em 2018 com “Life is Boring”.

“Fora de Portas”, na Sede da Junta de Freguesia de Barcelinhos, atuam Fugly + Summer of Hate, inseridos na programação trimestral do triciclo.

A sétima arte, trazida pelo Cineclube Zoom, dedica o mês de março a “EO”, de Jerzy Skolimowski, no dia 7; “Annie Ernaux – Os anos super – 8”, de Annie Ernaux e David Ernaux Briot, no dia 14; e “Ursos não há”, de Jafar Panahi, no dia 21 de março. As sessões são às 21:30, e os bilhetes têm um custo de 3,50 euros.

Stand Up, Dança e Serviço Educativo

O barcelense John Mendes regressa ao palco do Theatro Gil Vicente, desta vez, para apresentar o espetáculo “Sofrimências”, nos dias 22 e 23 de março, às 21:30.

O TGV acolhe ainda no mês de março o espetáculo “Diferenças” pelo Nico Dance Studio.
Quanto ao Serviço Educativo, as escolas podem reservar a Oficina “Dom Barom e Madame Arame” (dia 2); e as peças “Arlequim Recicla Assim”, (dia 7); “Auto da Barca do Inferno” (dia 15); “Mundo do José” (dia 21); e “No Escuro” (dia 29).

Os bilhetes para assistir aos espetáculos no teatro podem ser adquiridos no local, ou através de reserva por e-mail ([email protected]) ou telefone (253 809 694).

PARTILHE A NOTÍCIA

LEIA TAMBÉM

PUBLICIDADE

NEWSLETTER

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

REPORTAGEM

POPULARES