Sábado, Maio 28, 2022
27.8 C
Braga
InícioPaísLista de Teresa Mota vence eleições nacionais no LIVRE

Lista de Teresa Mota vence eleições nacionais no LIVRE

© LIVRE

A lista encabeçada por Teresa Mota venceu as eleições do Partido LIVRE com 67% dos votos expressos. Os órgãos nacionais do LIVRE foram eleitos no decorrer do XII Congresso, que se realizou este fim de semana, em Coimbra.

Pela primeira vez na história do partido, concorreram à liderança do LIVRE duas listas. A lista A, que integrava também o deputado Rui Tavares, elegeu dez elementos para o Grupo de Contacto, enquanto a lista B, liderada por Patrícia Robalo, conquistou cinco lugares.

A lista A, que apresentou uma moção intitulada ‘O Futuro nas nossas mãos’, assumiu-se como uma lista de ‘renovação na continuidade’, uma vez que integrava seis membros da direção anterior a que se juntavam nove novos membros. Teresa Mota, que foi cabeça de lista por Braga nas últimas legislativas, é um dos elementos que transitou da anterior direção.

“A partir de hoje, não há lista A e B, estaremos unidos a trabalhar para os mesmos objetivos. Temos visões diferentes, mas a convergência foi sempre a marca estrutural do partido e continuará a ser”, afirmou Teresa Mota que frisou que os membros da sua lista estão preparados para trabalhar com os membros eleitos da lista alternativa.

Regionalização, integração europeia e o Novo Pacto Verde são algumas das matérias que a nova direção do Livre irá privilegiar durante o mandato que agora começa.

Elementos do NT Braga eleitos para a Assembleia

Para a Assembleia, órgão máximo entre Congressos, foram eleitos 47 elementos. Cerca de dois terços dos membros eleitos para a Assembleia eram apoiantes da lista A para a direção.

Entre os membros eleitos para a Assembleia do Livre contam-se o famalicense Bruno Machado e o bracarense Augusto Ramôa. Os dois elementos integram também a direção do Núcleo Territorial de Braga do LIVRE.

No Conselho de Jurisdição, a lista A foi a mais votada com 66% dos votos, o que corresponde a oito mandatos. Já a lista B alcançou 30% dos votos, conseguindo três lugares naquele órgão.

De acordo com Teresa Mota, “os resultados alcançados nestas eleições por elementos do Núcleo Territorial do LIVRE Braga são o resultado de um trabalho persistente e colaborativo que foi reconhecido por todos, dentro mas também cada vez mais fora do LIVRE. A entrada de novos membros e apoiantes no Núcleo de Braga também o demonstram, por isso, daqui para a frente, é continuar a trabalhar para que o LIVRE cresça e se fortaleça em todo o país e em Braga em particular”.

Apoie a Braga TV

A Braga TV precisa do seu contributo, caro leitor.

Contribua com o seu donativo para que possamos continuar a dar informação aos nossos leitores.

Apoie aqui.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

ÚLTIMAS

MAIS LIDAS