Domingo, Outubro 17, 2021
20 C
Braga
InícioRegiãoCelorico de BastoLar Residencial da Associação de Solidariedade Social de Basto aumenta capacidade para...

Lar Residencial da Associação de Solidariedade Social de Basto aumenta capacidade para 30 utentes

© CM Celorico de Basto

O Lar Residencial da Associação de Solidariedade Social de Basto inaugurou as obras de ampliação. O espaço conta agora com uma capacidade para mais 18 pessoas portadoras de deficiência, ficando com uma capacidade para 30 utentes, num investimento superior a 400 mil euros.

A cerimónia de inauguração decorreu ontem e foi presidida por Joaquim Mota e Silva em dupla função, como presidente da Câmara Municipal de Celorico de Basto e como presidente da Associação de Solidariedade Social de Basto. Foi enquanto autarca que demonstrou a alegria de ver aquela valência ampliada para fazer face às necessidades de procura. “Hoje vivemos uma cerimónia carregada de emoção e sentido, estamos a inaugurar a ampliação de uma valência para corresponder às necessidades efetivas da nossa população. Estamos aqui porque existem pessoas que vivem momentos frágeis e que precisam de uma vida digna, de apoio, respeito, sem pena ou compaixão, estamos entre irmãos, entre iguais que merecem toda a dignidade e respeito”, disse.

Esta valência está em funcionamento desde 2014 mas o sonho iniciou em 2005 com a inauguração da Associação de Solidariedade. “Em 2005 foi dado o pontapé de saída de um sonho que se transformou em realidade, uma realidade que dá muito trabalho. Um trabalho com visão onde se fazem coisas que fazem sentido, numa lógica de complementaridade entre entidades, e com uma perceção clara das necessidades das populações”, acrescentou o autarca.

“Esta obra de ampliação corresponde a um investimento superior a 400 mil euros, um investimento necessário que conta com o apoio fundamental da Segurança Social, e de outras entidades, e que permitirá que o lar residencial possa albergar mais 18 pessoas portadoras de deficiência”. Para o autarca a economia social tem crescido substancialmente no concelho nos últimos anos. “Uma área que cresce, que se modernizou e que conta com a vontade de homens e mulheres que fazem um trabalho extraordinário. Verifica-se uma economia social muito positiva que proporcionou a criação de muitos postos de trabalho e, por consequência, que ajudou e continua a ajudar muitas as famílias”, sublinhou Joaquim Mota e Silva.

Presente na cerimónia de inauguração, o diretor da Segurança Social de Braga, João Ferreira, enalteceu o trabalho da Associação de solidariedade e dos homens e mulheres que fazem o impossível para dar as melhores condições aos mais frágeis. “Este é agora um espaço que irá responder às necessidades de mais gente, iguais nas vontades, na alegria e no reconhecimento e no empenho de todos os presentes. Um espaço mais capacitado para aqueles que precisam de um verdadeiro lar, oferecendo muitas outras garantias. Agora concretizado com apoios humanos, materiais e financeiros resume o esforço de todos os que integram os órgãos sociais, define o trabalho e dedicação de todos os profissionais que se entregam a esta instituição”, salientou.

Para João Ferreira, “ainda há um longo trabalho a fazer no reconhecimento das pessoas com deficiência. É preciso garantir a participação na vida social das pessoas com deficiência, um trabalho que esta associação faz com especial rigor. Sentimos que a sociedade está em mudança mas ainda há muito a fazer para que seja mais junta e inclusiva, é preciso conjugar esforços na área da deficiência para a criação de oportunidades, riqueza e desenvolvimento”.

A cerimónia iniciou com a bênção do espaço pelo padre Carlos Macedo, seguindo-se o descerramento da placa evocativa, e após os discursos protocolares seguiu-se uma visita ao espaço por todos os convidados.

A cerimónia de inauguração contou com uma série de convidados, entre utentes e órgãos sociais, mas também com a presença do Provedor para a Deficiência da Comunidade Intermunicipal do Tâmega e Sousa, Fernando Peixoto, e o presidente eleito da Câmara Municipal de Celorico de Basto, José Peixoto Lima.

Apoie a Braga TV

A Braga TV precisa do seu contributo, caro leitor.

Contribua com o seu donativo para que possamos continuar a dar informação aos nossos leitores.

Apoie aqui.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

ÚLTIMAS

MAIS LIDAS