Juntas de Braga vão apoiar voluntários na distribuição de refeições solidárias
Quarta-feira , Dezembro 2 2020 Periodicidade Diária nº 2653
Principal / Braga / Juntas de Braga vão apoiar voluntários na distribuição de refeições solidárias

Juntas de Braga vão apoiar voluntários na distribuição de refeições solidárias

Virar a Página

O projeto de Braga “Virar a Página”, que confeciona e distribui refeições solidárias aos cidadãos carenciados do concelho desde o início da pandemia, vai contar com o apoio de diversas Juntas de Freguesia.

Com o aumento de pedidos de ajuda, os voluntários deste projeto têm vindo a solicitar o apoio das Autarquias locais para a distribuição das refeições nas respetivas freguesias.

A União de Freguesias de Crespos e Pousada, a Junta de Adaúfe, a União de Freguesias de Nogueiró e Tenões e a União de Este São Mamede e Este São Pedro já aderiram a esta parceria solidária para ajudar as pessoas que estão a atravessar por dificuldades.

Helena Pina-Vaz, diretora do CLIB e mentora do projeto, disse que esta parceria é uma grande ajuda, uma vez que os pedidos têm aumentado. “Há 8 meses,servíamos 150 pessoas que já refizeram as suas vidas. No entanto, as vagas foram preenchidas e os pedidos continuam a aumentar devido aos despedimentos e negócios que fecharam as suas portas. Estamos a contactar as Juntas de Freguesia para facilitar a distribuição das refeições, uma vez que estamos a ajudar famílias em diversas zonas geográficas. Por isso, apelamos a ajuda de todas as Juntas de Freguesia, pois são uma mais-valia e liberta muito tempo dos nossos voluntários”, explicou a mentora.

José Correia, presidente da União de Freguesias de Crespos e Pousada, associou-se a esta causa, disponibilizando a carrinha da Junta para distribuir as refeições nesta União e na freguesia de Navarra. “Aderimos a esta parceria porque é uma causa de louvar e nós sabemos que os voluntários deste projeto dão muito de si. Temos famílias nesta União a receber este apoio e vamos disponibilizar a carrinha da nossa escola e uma funcionária para ir buscar as refeições e, assim, libertar um pouco da massa humana para fazer esta rota. Temos que estar agora ainda mais unidos para ajudarmos uns aos outros”, realçou o autarca, acrescentando que desde o início da pandemia que a Junta entregava medicamentos e comida nas casas dos habitantes de risco.

Helena Pina-Vaz apelou à doação de bens alimentares e a voluntários que se queiram associar a esta causa solidária.

A cozinha solidária deu início na cantina do Colégio Luso-Internacional de Braga, mas devido ao regresso das aulas, as refeições passaram a ser confecionadas na cozinha do salão paroquial de Gualtar.

Caso pretenda fazer um donativo ou voluntariar-se, consulte a página do Virar a Página.