Domingo, Agosto 1, 2021
16.7 C
Braga
InícioEducaçãoJosé González-Méijome preside à Escola de Ciências da Universidade do Minho

José González-Méijome preside à Escola de Ciências da Universidade do Minho

José González-Méijome

O professor catedrático José González-Méijome toma posse esta sexta-feira, dia 23, às 10:00, como presidente da Escola de Ciências da Universidade do Minho (ECUM). A cerimónia de investidura conta com o reitor Rui Vieira de Castro e decorre na sala de reuniões da ECUM, no campus de Gualtar, em Braga. Face à limitação do espaço, o público em geral pode acompanhar à distância, em videoconf-colibri.zoom.us/j/83623399800. Para o triénio 2021/2024, José González-Méijome vai ter como vice-presidentes os professores Hernâni Gerós, Inês Sousa e Nuno Castro.

José Manuel González-Méijome leciona há duas décadas na Universidade do Minho, onde é diretor do Laboratório de Investigação em Optometria Clínica e Experimental, do Departamento de Física e do doutoramento em Optometria e Ciências da Visão. Coordena a rede internacional “OBERON”, que é das mais financiadas de sempre pela Comissão Europeia ao nível da formação em optometria. Preside também o Comité Educacional da Academia Europeia de Optometria e Ótica, é editor-chefe do “Journal of Optometry” e está no board das revistas “PLOS One”, “BioMed Research International” e “Journal of Ophthalmology”. Primeiro membro honorífico da Sociedade Galega de Optometria Clínica, foi eleito Optometrista Internacional do Ano 2016, Prémio de Mérito Científico da UMinho em 2018, Prémio Essilor Excelência da Óptica – Inovação/Investigação em 2020 e é autor de mais de 180 publicações científicas, 500 comunicações e 20 capítulos de livros.

Criada em 1975, a ECUM é uma das maiores escolas da Universidade do Minho e desenvolve atividades de ensino, de investigação e de interação com a sociedade a partir dos campi de Gualtar, em Braga, e de Azurém, em Guimarães. Tem cinco departamentos – Biologia, Ciências da Terra, Física, Matemática, Química – e integra sete subunidades de investigação: Centro de Biologia Funcional de Plantas (CBFP-BioISI), Centro de Biologia Molecular e Ambiental (CBMA), Centro de Ciências da Terra (CCT-ICT), Centro de Física (CF-UM-UP), Centro de Matemática (CMAT), Centro de Química (CQUM) e um polo do Laboratório de Instrumentação e Física Experimental de Partículas (LIP Minho).

Conta com 176 docentes de carreira, todos doutorados, 56 investigadores contratados e 43 trabalhadores técnicos, administrativos e de gestão. No ensino, assegura 11 cursos de licenciatura, 13 mestrados e 11 doutoramentos a 2700 estudantes. Tem ainda mais de uma centena de projetos científicos e com a sociedade. A ECUM foi presidida até aqui por João Evangelista Simão, Licínio Chainho Pereira, Gaspar Soares de Carvalho, Isabel Calado Ferreira, José Borges de Almeida, Irene Montenegro, Cecília Leão, João Ferreira, Graciete Dias, Estelita Vaz, Margarida Casal, Nuno Peres e Manuela Côrte-Real.

Apoie a Braga TV

O apoio dos nossos leitores é fundamental para garantir que a Braga TV continue a ser um canal de informação de referência na região.

Contribua com o seu donativo para que possamos continuar a dar informação aos nossos leitores.

Apoie aqui.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

ÚLTIMAS

MAIS LIDAS