Já são conhecidos os vencedores do Concurso Municipal de Fotografia de Braga
Quarta-feira , Novembro 25 2020 Periodicidade Diária nº 2646
Principal / Braga / Já são conhecidos os vencedores do Concurso Municipal de Fotografia de Braga

Já são conhecidos os vencedores do Concurso Municipal de Fotografia de Braga

Carolina Sousa

Carolina Maria Soares de Sousa foi a vencedora do XVII Concurso Municipal de Fotografia de Braga, que teve como tema “Os Fontanários de Braga”.

A iniciativa, desenvolvida pelo Município de Braga, com o apoio dos Transportes Urbanos de Braga (TUB), teve o condão de estimular o interesse e a sensibilidade dos concorrentes relativamente ao património hidráulico que ornamenta e embeleza as praças, as ruas e os jardins da cidade e de outros lugares e recantos do concelho.

Após analisar os trabalhos a concurso, o júri decidiu, também, atribuir Menções Honrosas às concorrentes Marlene Nascimento Alves Ferezini e Gabriela Filipa Lopes Ribeiro, registando que estes trabalhos corporizam significativo mérito e qualidade, manifestando coerência e unidade no conjunto do portefólio apresentado.

Da mesma forma, foi atribuído o Prémio Especial do Júri à concorrente Filipa Eduarda Campos Correia, considerando que a foto distinguida revelava singularidade e sentido estético estimulando a observação.

Esta edição do concurso de fotografia decorreu de 9 a 11 de outubro. A habitual exposição pública decorrerá na Fonte do Ídolo e os trabalhos premiados, bem como fotografias dos vários concorrentes, estarão patentes ao público entre os dias 9 de dezembro e 9 de janeiro.

A XVII Edição do Concurso Municipal de Fotografia (2020) teve como tema “Os Fontanários de Braga”, com o objectivo da captação de imagens alusivas às fontes, fontanários, chafarizes, tanques, nascentes, lagos, poços, aquedutos e outros imóveis similares, existentes na cidade e no concelho de Braga. Simultaneamente, convidava à imaginação e ao olhar peculiar dos concorrentes que poderiam deixar-se inspirar nas múltiplas e emblemáticas construções hidráulicas, presentes no Centro Histórico, nas “Sete Fontes” – classificadas como Monumento Nacional –, e também em tantas outras, simples, mas igualmente únicas, que embelezam e cumprem a sua função em todas as freguesias do concelho.

Neste enquadramento, os concorrentes apontaram a objetiva ao geral e ao pormenor, ao material e ao humano, e outros elementos que considerassem relevantes, deste vastíssimo e multifacetado património cultural.

O júri do concurso, composto pelo representante da Associação “Encontros de Imagem”, Carlos Fontes, pelo fotógrafo profissional, Hugo Delgado e pelo vereador do Pelouro da Regeneração Urbana e Património Cultural da Câmara Municipal de Braga, Miguel Bandeira, considerou que os trabalhos possuíam na sua generalidade mérito, contribuindo para um melhor conhecimento do património por parte dos participantes.