Sábado, Maio 28, 2022
20 C
Braga
InícioBragaInvestigadores da Universidade do Minho desmistificam a saúde em podcast

Investigadores da Universidade do Minho desmistificam a saúde em podcast

Escola Superior de Enfermagem © UMinho

Os investigadores da Escola Superior de Enfermagem da Universidade do Minho criaram um podcast para desmistificar temas de saúde para o público em geral. O projeto designa-se “Health Talks”, está na plataforma Spotify e traz um cientista convidado a cada sessão mensal. No primeiro episódio, Daniela Costa abordou o sono das crianças e, depois, Fátima Martins desconstruiu os mitos da gravidez. A próxima conversa é a 26 de janeiro, às 18h00, com Silvana Martins a falar sobre literacia em saúde e bem-estar nos jovens. Cada episódio coincide com um fórum online aberto a todos, sendo as inscrições pelo facebook e instagram do “Health Talks”.

“Nestes espaços informais pretendemos empoderar as pessoas, partilhar informação baseada na evidência científica e fomentar comportamentos saudáveis”, resume Cláudia Augusto, professora da Escola Superior de Enfermagem e investigadora da Unidade de Investigação em Ciências da Saúde: Enfermagem (UICISA:E/ESEnfC_ESS/UMinho). A ideia é promover a saúde e não a doença, ou seja, valorizar o bem-estar físico, mental e social a nível individual, familiar e comunitário. Outros objetivos passam por aumentar a literacia em saúde dos cidadãos e aproximá-los dos cientistas.

A preparação dos conteúdos envolve profissionais de saúde, estudantes e investigadores da UICISA:E/ESEnfC_ESS/UMinho, os quais vão também divulgando os resultados de estudos em curso. O “Health Talks” tem tido seguidores desde Coimbra ao Brasil, inclusive cuidadores, enfermeiros, gestores, educadores e psicólogos, que aqui podem encontrar “momentos formativos úteis” para a sua prática profissional, acrescenta Cláudia Augusto.

A UICISA: E reúne cerca de 150 investigadores e colaboradores das escolas superiores de enfermagem de Coimbra e do Minho, das escolas superiores de saúde dos politécnicos do Algarve, Bragança, Viana do Castelo e Viseu e do Centro Hospitalar Universitário de Coimbra, sendo cofinanciada pela Fundação para a Ciência e a Tecnologia. O seu polo na UMinho nasceu em 2015 e integra duas dezenas de investigadores. Procura afirmar a excelência em I&D com atividades a nível (inter)nacional e interdisciplinar, respondendo a problemas complexos de forma sustentável e socialmente responsável ao nível da promoção da saúde, da prevenção da doença e dos cuidados à pessoa doente, incapacitada e em fim de vida.

Apoie a Braga TV

A Braga TV precisa do seu contributo, caro leitor.

Contribua com o seu donativo para que possamos continuar a dar informação aos nossos leitores.

Apoie aqui.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

ÚLTIMAS

MAIS LIDAS