Quinta-feira, Abril 22, 2021
17.8 C
Braga
InícioOcorrênciasIgreja do Pópulo e muros vandalizados com pichagens em Braga

Igreja do Pópulo e muros vandalizados com pichagens em Braga

Redes Sociais

A Igreja do Pópulo e vários muros foram vandalizados com pichagens este domingo em Braga. As pichagens são referentes Maximino Barbosa de Sousa, mais conhecido como Padre Max, assassinado há 45 anos.

Na Igreja do Pópulo pode ler-se “Fascismo nunca mais”, “Quem matou o Padre Max?” e “Cónego Melo”.

Também um muro próximo da rotunda da Confeiteira foi vandalizado com pichagens sobre o assassinato de Maximino Barbosa de Sousa.

Carlos Dobreira

Luís Pedroso, presidente de Maximinos, Sé e Cividade, lamentou os atos de vandalismo ocorridos este domingo em Braga. “Frases já com muitos anos, daí pensar que não foi malta nova. São execráveis estas atitudes e levantam mais uma vez a questão do policiamento, pois não se vê Polícia à noite. É urgente o MAI olhar Braga com outros olhos”, disse o autarca.

De acordo com um cidadão bracarense, a vaga de pichagens abrangeu as freguesias de Palmeira, São Vicente, União de Dume, Real e Semelhe e a União de Maximinos, Sé e Cividade.

Recorde-se que a Estátua do Cónego Melo também foi vandalizada este Domingo de Páscoa.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

ÚLTIMAS

MAIS LIDAS