Domingo, Setembro 25, 2022
12.8 C
Braga
InícioBragaHá música e exposições para ver no gnration durante a Noite Branca...

Há música e exposições para ver no gnration durante a Noite Branca de Braga

© gnration

O gnration volta a juntar-se à Noite Branca de Braga, que se realiza nos dias 2, 3 e 4 de setembro, com um programa que apresenta concertos, exposições e instalações.

No fim de semana, os quatro projetos selecionados do programa de apoio à criação artística local Laboratórios de Verão apresentam-se na mostra Pós-Laboratórios de Verão. Na sexta-feira, a mostra é inaugurada com o concerto de José Diogo Martins + Mané Fernandes. José Diogo, nos sintetizadores, e Mané Fernandes, na guitarra, apresentam em duo uma performance onde exploram ritmo, sem utilizar percussão ou instrumentos de baixa vibração. Entre o céu e o mar teremos sempre a montanha, de Luís Ribeiro, Nature is Infinite and maybe we are too, de Ana Carvalho dos Santos e Overgrown, de Miguel Teodoro, são as instalações presentes nesta mostra, e que poderão ser vistos até 10 de setembro. Filmada entre as montanhas do Santuário do Bom Jesus, em Braga, e a Montanha da Penha, em Guimarães, Entre o céu e o mar teremos sempre a montanha é uma instalação vídeo que procurar diluir as fronteiras físicas e culturais que separam as duas cidades minhotas. No dia da inauguração, os Haarvöl vão musicar ao vivo o som que estará presente na instalação. Nature is Infinite and maybe we are too é uma instalação audiovisual que explora as relações simbióticas entre a natureza, o ser humano e a tecnologia. O projeto procura gerar no espectador uma consciência ecológica e consiste na transposição de imagem e som gravados em ambientes naturais e a sua desconstrução para o espaço expositivo. Também com uma forte carga ecológica, há a instalação Overgown. Este projeto audiovisual utiliza o som e a imagem como veículos para repensar a condição contemporânea de cidade e parte da análise do livro de 1497 “Hortus Sanitatis”, presente na Biblioteca Pública de Braga, que é considerado uma das primeiras enciclopédias ilustradas do mundo natural.

No restante programa expositivo, o gnration apresenta ainda uma instalação do projeto Cobertos pelo Céu, coleção de performances e instalações interativas centradas na relação entre a paisagem e a arte, criada pelo artista e coreógrafo brasileiro Gustavo Ciríaco. No gnration, o artista apresenta a instalação Hormiga-Pájaro, uma das peças presentes nesta coleção e inspirada na experiência de espaço vivida pela coreógrafa argentina Anna Laura Lozza num shopping abandonado de Buenos Aires. No gnration, esta instalação vai tomar a escada externa do edifício, na praça, transformando-a num ponto de encontro e dispersão.

De 2 a 4 de setembro, o gnration recebe ainda duas obras inseridas na exposição Europe and Beyond. Este projeto promovido através de uma parceria entre a Braga Media Arts e a Braga ’27 junta artistas locais a outros de cidades parceiras no campo das Media Arts e candidatas e antigas Capitais Europeias da Cultura. No gnration, poderá visitar o trabalho multimédia Blur 2.0, criado pelo artista bracarense Jorge Ramos com a artista sul coreana Anna Kim e o artista francês Julien Gaillac, e Forest Tectonics, da artista lituana Aistė Ambrazevičiūtė.

Na galeria gnration e no pátio interior está ainda patente a exposição Carva Lavra, do artista português Gil Delindro. Este projeto de captação sonora reúne frequências e materiais recolhidos no Inverno de 2021/2022 e que são exibidos em três diferentes esculturas sonoras: Bouça, composta por milhares de madeiras industriais de bambu que reproduzem sons captados no Campo do Gerês; Burned Cork “Resilience”, onde a casca queimada de um sobreiro é usada como topografia acústica; e Carva Lavra “Eunice”, uma escultura de musgo proveniente das árvores arrancadas por uma tempestade e colocado numa esfera em constante rotação.

No que toca à música, já no sábado, o gnration apresenta concertos dos portugueses Fumo Ninja e Bed Legs. Os primeiros descrevem-se como “quatro agentes secretos”, mas a sua identidade não é segredo. Norberto Lobo, no baixo, Leonor Arnaut, na voz, Ricardo Martins, na bateria e Raquel Pimpão, nos teclados. No início do ano, começaram a causar burburinho com single Chapada da Deusa. Em março, lançaram Olhos de Cetim, que rapidamente foi destacado como um dos melhores trabalhos nacionais dos últimos anos. Neste disco de estreia, a banda explora a canção pop com toques de jazz, soul, funk, hip-hop R&B e até psicadélica. Agora, e depois de apresentações em Lisboa, Viseu, Guimarães e no Festival Paredes de Coura, os Fumo Ninja aterram no gnration para um concerto que certamente será para levantar os pés do chão.

Depois de dois anos afastados dos palcos, os Bed Legs estão de regresso para um espetáculo que promete ser especial. Formados por Fernando Fernandes, na voz, Tiago Calçada, na guitarra, Hélder Azevedo, no baixo, David Costa, na bateria, e Leandro Araújo, nos teclados, os Bed Legs são uma das mais reconhecidas bandas bracarenses da última década. Com o disco de estreia Black Bottle, de 2016, e o homónimo Bed Legs, de 2019, tornaram-se numa locomotiva de rock e blues e percorreram diversas salas e festivais um pouco por todos o país. Após um interregno de mais de dois anos, fruto do contexto pandémico, a banda regressa agora aos palcos para um concerto no gnration com a mesma energia que sempre os caracterizou.

Todo o programa do gnration para a Noite Branca Braga é de entrada livre.

Música – 2 de setembro

  • 21:30 – pós-laboratórios de verão: haarvöl – entre o céu e o mar teremos sempre a montanha · sala de formações
  • 22:30 – josé diogo martins + mané fernandes · blackbox

Música – 3 de setembro

  • 17:30 – fumo ninja · pátio exterior / blackbox
  • 18:30 – bed legs · blackbox

Exposição · 3 a 4 de setembro

  • 14:00 – 00:00 – europe and beyond: forest tectocnics, por aistė ambrazevičiūtė · galeria inl
  • 14:00 – 00:00 – europe and beyond: blur 2.0, por jorge ramos, anna kim e julien gaillac · galeria inl
  • 14:00 – 00:00 – carva lavra, por gil delindro · galeria gnration + pátio interior
  • 14:00 – 00:00 – europe and beyond: entre o céu e o mar teremos sempre a montanha, por luís ribeiro – sala de formações
  • 14:00 – 00:00 – pós-laboratórios de verão: nature is infinite and maybe we are too, por ana carvalho dos santos · sala de conferências
  • 14:00 – 00:00 – pós-laboratórios de verão: overgrown, por miguel teodoro · sala de reunião

NOTÍCIAS RELACIONADAS

ÚLTIMAS

MAIS LIDAS