Segunda-feira, Maio 27, 2024
16.6 C
Braga
RegiãoEsposendeHá mais de 7000 documentos históricos de Esposende para ver online

Há mais de 7000 documentos históricos de Esposende para ver online

DR

Esposende disponibiliza online mais de 7000 documentos históricos sobre o concelho, através da AQUALIBRI – Biblioteca Digital do Cávado, que foi distinguida a nível nacional com uma Menção Honrosa no Prémio “Maria José Moura – Boas Práticas em Bibliotecas Públicas 2021” e cuja candidatura foi apresentada pela Rede Intermunicipal de Bibliotecas de Leitura Pública do Cávado.

O júri considerou que se trata de “um projeto com um grau de complexidade elevado, com uma forte componente na valorização do património e no envolvimento das comunidades”. Valorizou, ainda, o facto de se tratar de “um projeto desenvolvido por uma rede de bibliotecas que poderá servir de incentivo a outros projetos de rede”.

A AQUALIBRI, online desde março de 2022, em aqualibri.cimcavado.pt, conta, atualmente, com 13.940 documentos, divididos em “Comunidades” e “Coleções”, e regista cerca de mil acessos por mês diretamente no site.

No que se refere a Esposende, estão disponíveis 7.028 documentos, onde se incluem obras impressas de autores e da história local, com coleções destacadas para o escritor Manuel de Boaventura, o poeta António Correia de Oliveira e o editor/tipógrafo Silva Vieira.

As coleções de fotografias e postais apresentam mais de 500 imagens raras sobre Esposende, desde os finais do século XIX até meados da década de 80 do Século XX, onde é possível ver e estudar a evolução social, geográfica, paisagística, hábitos e costumes, sem esquecer as alterações na orla costeira, bem como os primórdios do turismo. De referir que estas coleções são particulares e foram especialmente cedidas para este fim.

Destaque também a grande coleção de 6.047 jornais, que vão desde os finais do século XIX e XX como “O Povo Esposendense” [1893-1906], “O Esposendense” [1906-1968], o semanário republicano “A Verdade” [1919 – 1922] até ao presente. Ainda no que se refere a jornais, está igualmente disponível uma assinalável coleção de “Recortes de Imprensa” relativos a Esposende, publicados nos jornais nacionais, desde 1945 até ao presente.

Outra coleção da Biblioteca Municipal Manuel de Boaventura é o Arquivo Fotográfico Municipal, constituída por fotografias de natureza institucional, correspondendo a 400 atos públicos relevantes do Município de Esposende, desde 1955 até à atualidade. Esta coleção inclui protocolos assinados, inaugurações ou visitas de Estado, com descrição dos atos e identificação dos intervenientes.

Há também registos de vídeo e Memorabilia, composta por um conjunto de objetos e documentos, como selos, carimbos, medalhas, bandeiras e condecorações, de valor histórico para o concelho de Esposende.

“Embora o espólio disponibilizado seja, em grande parte, da Biblioteca Municipal Manuel de Boaventura, o espírito colaborativo da comunidade foi extraordinário permitindo tornar públicos muitos documentos inéditos e raros, a quem o Município agradece reconhecidamente, na medida em que só deste compromisso e envolvência é possível disponibilizar este espólio, em acesso aberto ao mundo”, refere o presidente da Câmara Municipal, Benjamim Pereira.

PARTILHE A NOTÍCIA

LEIA TAMBÉM

PUBLICIDADE

NEWSLETTER

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

REPORTAGEM

POPULARES