Segunda-feira, Maio 29, 2023
15.9 C
Braga
spot_img
InícioRegiãoGuimarãesGuimarães inaugura Brigada Verde na União de Briteiros São Salvador e Briteiros...

Guimarães inaugura Brigada Verde na União de Briteiros São Salvador e Briteiros Santa Leocádia

© CM Guimarães

Guimarães inaugurou a Brigada Verde na União de Freguesias de Briteiros São Salvador e Santa Leocádia de Briteiros.

Estiveram presentes, entre outros, o presidente da Câmara Municipal de Guimarães, Domingos Bragança, a vereadora do ambiente, Sofia Ferreira e o presidente da Junta da União de Freguesias, Diogo Costa.

A nova Brigada Verde procedeu à construção e instalação de hotéis para insetos e plantação de flores nos canteiros das escolas, numa atividade denominada HaBEEtat. A HaBEEtat pretende a sensibilização da população para a importância dos insetos polinizadores e para a necessidade de interromper o seu declínio.  

Este projeto surge em linha com a estratégia de Guimarães para os polinizadores, que tem sido levada a cabo através do projeto Poliniza-TE, desenvolvido pela Câmara Municipal de Guimarães e pelo Laboratório da Paisagem. Este projeto torna possível a avaliação e monitorização do estado de conservação e tendências das populações de polinizadores, tendo já resultado na publicação do Guia dos Insetos Polinizadores de Guimarães.

O presidente da Junta da União de Freguesias de Briteiros São Salvador e Briteiros Santa Leocádia, Diogo Costa, destacou a participação dos escuteiros de São Salvador e Santa Leocádia, as Guias, as associações de pais e membros da comunidade local, evidenciando a abertura da iniciativa a todos os interessados em contribuir para a preservação do ambiente local. O autarca abordou a importância de ser criada “uma rede, à semelhança do que acontece com a rede social, para o ambiente, com as outras Brigadas Verdes”. 

Domingos Bragança falou da proximidade entre a Junta de Freguesia e o executivo da Câmara “na luta pela proteção do ambiente e pela promoção da sustentabilidade”, referindo a importância da conexão entre as várias brigadas verdes, “que se inserem no desígnio de Guimarães”, tendo “a defesa da natureza como guia na definição das políticas públicas”.

Na sua intervenção, o edil reconheceu que “a educação é um fator chave para a mudança, referindo como exemplo o programa de educação ambiental PEGADAS, no qual a Comissão Europeia já demonstrou que é uma boa prática que merece que seja replicado em todos os estados membros”. Domingos Bragança concluiu defendendo que “as Brigadas verdes são as organizações locais que defendem o património natural”.

Com a constituição da 36.ª Brigada Verde do concelho, Guimarães persegue o objetivo de alargar a sua implementação em todas as freguesias do concelho.

As Brigadas Verdes são grupos informais de voluntários na área ambiental, que desenvolvem ações que visam a consciencialização ambiental, e a proteção e conservação do património natural. Este projeto, liderado pela Câmara Municipal de Guimarães e em parceria com o Laboratório da Paisagem, foi um dos destaques do júri de avaliação da última candidatura a Capital Verde Europeia, face ao que representam enquanto instrumento de participação cívica e ativa na área ambiental.

MAIS NOTÍCIAS

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

REPORTAGEM

POPULARES