Guimarães cria equipa multidisciplinar de saúde no apoio às escolas
Quarta-feira , Novembro 25 2020 Periodicidade Diária nº 2646
Principal / Região / Guimarães / Guimarães cria equipa multidisciplinar de saúde no apoio às escolas

Guimarães cria equipa multidisciplinar de saúde no apoio às escolas

Domingos Bragança, presidente da Câmara Municipal de Guimarães, anunciou a constituição da primeira equipa multidisciplinar de saúde para o concelho, criada formalmente pela ARS-Norte – Administração Regional de Saúde Norte / Ministério da Saúde.

Esta primeira equipa está constituída para apoio às escolas no sentido de intervir, tendo todos os dados de informação, ao pormenor, sobre a situação epidemiológica da comunidade escolar. “Com o acesso a estes dados do Ministério da Saúde, é permitido uma intervenção direta e mais eficaz, através do conhecimento das pessoas ou famílias afetadas pela pandemia”, explicou Domingos Bragança, à margem da sessão de assinatura de protocolo com a Associação Dignitude e a Associação Nacional de Farmácia, que visa o apoio para a administração da vacina da gripe nas farmácias, contemplando a população vimaranense com idade igual ou superior a 65 anos.

Domingos Bragança explicou anteriormente que a falta de informação disponibilizada pelas autoridades de saúde limita a capacidade de apoio e resposta do Município. Através do diálogo com o Ministério da Saúde foi atendida a proposta para a criação de equipas multidisciplinares em Guimarães.

“Estas equipas têm acesso à informação, sendo lideradas pela Autoridade de Saúde Pública, integrando a Proteção Civil Municipal, para atuar nas diversas áreas. Pretendemos ter várias equipas multidisciplinares, mas a primeira equipa multidisciplinar é para dar resposta à comunidade escolar – trabalhando com os agrupamentos escolares e a Delegada de Saúde – seguindo  as redes de contágio e procedendo às comunicações com as famílias no âmbito do apoio administrativo e técnico  para libertarem os médicos da saúde pública de trabalho logístico e administrativo e aumentar-se  a capacidade de resposta aos problemas da comunidade”, constatou.

Paralelamente a estas equipas multidisciplinares, em Guimarães já está formada e em funcionamento a bolsa de profissionais, em contínuo recrutamento, para apoio aos lares e à estrutura municipal de retaguarda, instalada no Seminário do Verbo Divino, num processo desenvolvido em conjunto com a Segurança Social e a Cruz Vermelha.